08.02.2019 | 08h46


VELOZES E PERIGOSOS

Carro invade posto, bate em relíquia e capota durante racha na Miguel Suti; Veja vídeo

A Polícia também vai analisar as imagens da câmera do CIOSP para descobrir se o motorista participava do racha.


DA REDAÇÃO

O motorista Guilherme Lucas, de 20 anos, que dirigia um VW Up - que estaria disputando racha na Avenida Miguel Sutil, perdeu o controle do carro e invadiu um posto de gasolina. No local, havia um carro relíquia (Landau 1979) estacionado e foi destruído. O caso foi registrado na noite desta quinta-feira (7).

A suspeita é que momentos antes ele estivesse participando de um racha com outros quatro veículos. Testemunhas disseram à Polícia Militar que flagraram os carros trafegando em alta velocidade e emparelhados.

Com a força do impacto os dois veículos ficaram totalmente destruídos. O UP - que tem motor turbo - chegou a quebrar um muro de proteção do posto. Em seguida, bateu no veículo antigo, capotou e só foi parar a pouco mais de 30 metros, na Av. Miguel Sutil.

Lucas e o passageiro do UP não tiveram ferimentos. No entanto, saíram do local, mas se entregaram à Polícia Civil minutos depois. Ele foram levados para a Delegacia Especializada de Trânsito (Delatran) para serem interrogados pelo delegado Cristian Cabral.

O dono do Landau, Valney Souza, contou que quase foi atropelado. Ele disse que a batida aconteceu logo que saiu do carro e entrou na conveniência.

Segundo informações da Delatran, agentes da Perícia Oficial e Identificação Técnica (POLITEC) estiveram no local analisando as causas da batida. Com o resultado da perícia, vão descobrir a velocidade que o motorista do UP estava no momento das colisões.

A Polícia também vai analisar as imagens da câmera do CIOSP para descobrir se o motorista participava do racha.

VEJA VÍDEO

 

 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER