15.03.2019 | 07h45


SUPOSTA EXTORSÃO

Selma vaza áudio de ex-marqueteiro sobre 'pedido' de Wilson Santos

O vazamento da mensagem ocorre após Kleber Lima e o deputado Wilson Santos serem arrolados como testemunhas de defesa da senadora no processo que investiga o suposto crime de extorsão.


DA REDAÇÃO

Um áudio, supostamente vazado pela senadora Selma Arruda (PSL), como tentativa de provar a participação do deputado estadual Wilson Santos (PSDB) numa suposta extorsão promovida pelo publicitário Júnior Brasa, dono da Genius Produções, voltou a provocar polêmica na noite de quinta-feira (14).

Na gravação, feita em novembro passado, o então marqueteiro de Selma, Kleber Lima, a avisa que Wilson Santos o procurou para transmitir um recado de Brasa.

De acordo com o áudio ao qual o teve acesso, Kleber afirma que o deputado o procurou para propor um acordo com o objetivo de resolver uma ação aberta por Júnior Brasa referente ao não pagamento de uma dívida em torno de R$ 1,1 milhão. Na ação, o publicitário acusa Selma de ter utilizado recursos próprios para custear sua pré-campanha em período vetado pela Justiça Eleitoral, o que caracterizaria crime de caixa 2.

“O áudio que ela divulga é verdadeiro e eu já expliquei ao delegado que preside o inquérito da denúncia de extorsão. Nada nesse áudio comprova a tese de extorsão, inclusive considero que ela produziu prova contra si mesma”, rebateu Kleber.

“O Brasa procurou o Wilson Santos; ele me chamou lá ontem para propor um acordo com a senhora. Ele [Júnior Brasa] estaria sendo procurado pelos advogados das outras partes [concorrentes de Selma durante a campanha] para testemunhar para essas pessoas, mas que ele [Brasa] não tem interesse, o interesse que ele tem é de resolver com a senhora. Eu perguntei para Wilson quanto ele quer para resolver? Ele [Wilson] falou que [Brasa] quer R$ 600 mil. Eu disse para Wilson, o seguinte: Acho que o Brasa não vale mais nada nessa altura do campeonato porque a ação que incomoda a doutora, que é a impugnação do registro, não é dele mais, é do Ministério Público e ele não pode nem sequer retirar ação. [...] Eu não acredito que ela vá querer pagar R$ 600 mil para ele se não deve isso, nem de longe. Se ela perder a ação pagaria mais barato”, disse Kleber em trecho da mensagem.

Em seguida, o ex-marqueteiro continua: “Enfim, ele [Wilson] insistiu hoje novamente e eu disse que falei para seu advogado e ele concordou que a questão do Brasa é diminuída mesmo. Mas agora é com a senhora, se você quiser, é só procurar o Wilson Santos, ou me procurar, que eu falo com ele e marco um encontro para tratar disso". Ouça o áudio vazado.

O vazamento da mensagem ocorre após Kleber e Wilson serem arrolados como testemunhas de defesa da senadora no processo que investiga o suposto crime de extorsão. O marqueteiro e o deputado prestaram depoimento à Polícia Federal na tarde de terça-feira (12).

“O áudio que ela divulga é verdadeiro e eu já expliquei ao delegado que preside o inquérito da denúncia de extorsão. Nada nesse áudio comprova a tese de extorsão, inclusive considero que ela produziu prova contra si mesma”, rebateu.

Kleber explica ainda que quando fala que Brasa “não vale nada”, no áudio vazado, quis se referir ao fato da ação de cobrança de R$ 1 milhão não estar entre as prioridades de Selma naquele momento.

“Naquela época não estávamos preocupados com a ação de cobrança, mas sim com a ação na Justiça Eleitoral que visava à cassação do diploma dela”, destaca.

O marqueteiro também sai em defesa do deputado Wilson Santos ao afirmar que não houve tentativa de extorsão, como acusa a senadora.

“Ela maliciosamente usa esse áudio para tentar provar uma suposta extorsão que não existe. Quero aqui, em nome da verdade, dizer que ela expõe não só a mim, que fui seu marqueteiro, de uma maneira que eu não imaginei que ela faria, mas também uma pessoa de bem com quem eu tenho amizade de mais de 30 anos, que é o deputado Wilson Santos. Em nenhum momento, na conversa que teve comigo em seu gabinete fez qualquer alusão à extorsão até porque ele jamais compactuaria com uma medida dessa natureza. Ele pode ter outros defeitos, esse não”, frisa. Ouça explicação de Kleber

Leia mais:

Selma acusa Wilson Santos de extorsão para 'evitar' processo no TRE; Deputado nega











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Nhôca de vg  15.03.19 16h54
Engraçado que tem tanta gente "onesta" sendo acusados!! tudo mentira,né? hum!!me engana que eu gosto!! Netsa polenta tem caroço!!

Responder

8
0
Maria Taquara  15.03.19 09h31
Eu comeco a adquirir carinho pela ex-juíza

Responder

5
8
Matéria(s) relacionada(s):

Enquete

GESTÃO

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora?

Excelente: MT foi destruído por governos anteriores

Bom: Está enfrentando problemss que ninguém quis enfrentar

Ruim: Não faz reformas de verdade e culpa o servidor

Péssimo: Vai conseguir ser pior que Silval e Taques

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER