13.06.2018 | 07h55


WILSON SOARES FUAH

Ninguém vive no futuro

Às vezes mascaramos a realidade por queremos ser feliz por momento que não são nossos.

O primeiro passo leva ao segundo, e a continuação nos levará ao futuro com objetivos planejados sem querer saber a resposta do resultado antecipadamente.

O importante é saber que ninguém vive no futuro, não existe o momento certo, só existe o agora, se esperar pela hora certa, ficar esperando a sua vez, ela nunca aparecerá, somos o que estamos fazendo agora, pois só existe o momento em que estamos vivendo, o agora. 

Muitos estão insatisfeitos com o lugar que está vivendo, e sonham em viver num lugar a beira mar, ou no exterior, mas enquanto isso, o lugar certo para desfrutar o prazer de viver é aqui e agora, você vive onde está, e não nas viagens de olhos fechados.

Sair do comodismo é desfazer do medo de encarar novas realizações, porque na vida não nos dá a garantia antecipadamente de que as mudanças vão dar certa antecipadamente, por isso, não é fácil encontrar o caminho do sucesso, pois às vezes o talento está escondido dentro de nós mesmo, veja que em nosso redor existem inúmeras pessoas talentosas, que estão paradas aguardando uma oportunidade na fila do comodismo confortável, sem arriscar e sem dar um único passo. Ao exercer o poder da tentativa, podemos conseguir ou não, mas se não tentar, só conseguirá o nada absoluto e a tristeza de nunca ser reconhecido.

Às vezes mascaramos a realidade por queremos ser feliz por momento que não são nossos, talvez porque é mais fácil não ver o que incomoda aos nossos olhos, é mais fácil viver do mundo da fantasia. Quando sentimos desmotivados, devemos pedir a Deus que nos dê energias suficiente para cada dia, pois o resto cabe a nós mesmo lutar para conquistar. Na verdade extrapolar os nossos limites é que nos impulsionam para o nosso crescimento material e espiritual. Todos nós travamos diariamente uma luta interior e pessoal, e esses conflitos só acabarão quando os nossos olhos começarem a enxergar a realidade, mas quantas vezes usamos máscaras muito caras para esconder o que somos.

Viver é ter um objetivo, e a partir daí, é que nasce toda a sustentação e suporte para melhor encarar as rotinas, para enfrentar as tribulações e força superar os obstáculos, sem, no entanto, deixar-se escravizar todos os seus doces momentos por um só objetivo impossível, mas sem planejamento amparado em sonhos possíveis, e muito trabalho, com certeza alcançará sucesso. 

Economista Wilson Carlos Fuáh – É Especialista em   Recursos Humanos e Relações Sociais e Políticas.

Fale com o Autor: wilsonfua@gmail.com         

Os artigos assinados são de responsabilidade do autor, não apresentando, portanto, a opinião do site ReporterMT.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.


Confira também nesta seção:
17.08.18 07h55 »  Mudança na política
17.08.18 07h55 »  2013 a 2018
17.08.18 07h55 »  Rio Coxipó
17.08.18 07h55 »  Batalha brutal pela sobrevivência
16.08.18 07h55 »  As amarras psicológicas
16.08.18 07h55 »  Napoleão e os contribuintes
16.08.18 07h55 »  Advocacia técnica, tecnológica ou multiresolutiva?
16.08.18 07h55 »  Almas livres em Deus
15.08.18 07h55 »  Direita, volver
15.08.18 07h55 »  Jovens

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER