15.03.2019 | 17h13


AEROPORTOS LEILOADOS

Melhorias no Marechal Rondon e outros 3 vão custar R$ 771 milhões

Concessão de aeroportos prevê uma série de melhorias. Investimento em cinco anos terá que ser de R$ 386 milhões.



O consórcio Aeroeste, que arrematou por R$ 40 milhões o direito de concessão de quatro aeroportos em Mato Grosso, terá que fazer investimentos de R$ 771 milhões em melhorias nas unidades, sendo R$ 386 milhões até o quinto ano. O contrato de concessão terá validade de 30 anos.

O lote arrematado pelo consórcio Aeroeste, engloba o aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande e os aeroportos de Sinop, Rondonópolis e Alta Floresta.

Os quatro aeroportos de Mato Grosso têm uma movimentação estimada para este ano de 3,2 milhões de passageiros.

O edital prevê que a nova administração faça melhorias nos banheiros, sinalização de informações, disponibilização de wi-fi gratuita de alta velocidade, revisão dos sistemas de climatização, escadas rolantes, esteiras rolantes, elevadores e esteiras para restituição de bagagens, entre outros nos quatro aeroportos.

O consórcio é formado pelas empresas Socicam e Sinart. O grupo administra de pequeno e médio porte nos estados de Minas Gerais, Ceará, Goiás e Bahia.

Com a concessão, o consórcio fica responsável pela administração, ampliação, melhorias e investimentos nos aeroportos.

O leilão de concessão ocorreu na manhã desta sexta-feira, na Bolsa de Valores, em São Paulo. O lance de R$ 40 milhões representa um ágio 4.739% sobre os R$ 800 mil, previsto como mínimo estabelecido pelo edital.

Leilão

Além dos aeroportos de Mato Grosso,,foram a  leilão aeroportos do Nordeste e do Sudeste.

Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), com a disputa, realizada em três blocos, a arrecadação do governo ficou em R$ 2,377 bilhões, um valor de R$ 2,158 bilhões acima do mínimo fixado pelo edital para o valor de outorga inicial. O ágio médio do leilão foi de 986%.

Além do valor à vista, as regras do leilão preveem ainda uma outorga variável a ser paga ao longo dos 30 anos de concessão estimada em R$ 1,9 bilhão para os três blocos de aeroportos concedidos. O lote de aeroportos do Centro-Oeste, o menor dos três, tinha valor mínimo de R$ 800 mil.

Ao todo, nove grupos de investidores apresentaram propostas no leilão de 12 aeroportos, divididos nos lotes Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste.  











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

GESTÃO

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora?

Excelente: MT foi destruído por governos anteriores

Bom: Está enfrentando problemss que ninguém quis enfrentar

Ruim: Não faz reformas de verdade e culpa o servidor

Péssimo: Vai conseguir ser pior que Silval e Taques

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER