11.05.2018 | 18h00


5 ANOS DE ATRASO

Governo prolonga prazos de 3 obras e prevê conclusões até 2019


DA REDAÇÃO

A Secretaria de Estado das Cidades (Secid), responsável por finalizar obras que não foram conclusas para a Copa do Mundo de 2014, divulgou, nesta sexta-feira (11), o aditamento de prazos para a entrega de três obras, que deveriam estar prontas há quatro anos e que pelas medidas, têm a previsão de conclusão até janeiro de 2019.

Os aditamentos são referentes às obras da Avenida Parque do Barbado, Complexo Viário Deputado Walter Rabello (Viaduto do Tijucal) e a pavimentação de ruas no entorno da Arena Pantanal. A previsão de entrega destas é de 93, 180 e 120 dias, respectivamente. Os termos de aditamento foram publicados no Diário Oficial do Estado.

No caso das obras no entorno da Arena Pantanal é o 17º termo aditivo, junto à empreiteira Três Irmãos, de propriedade do ex-deputado e ex-secertário de Desenvolvimento do Estado, Carlos Avalone. Já o contrato com o Consórcio Guaxe Encomind, da Avenida Parque do Barbado está no 11º termo aditivo e neste caso a previsão de entrega, conforme o documento é de 29 de janeiro de 2019. A extensão de prazo do Complexo Tijucal é referente ao 15º termo aditivo e a conclusão prevista é para o mês de outubro.

Segundo a assessoria da pasta, os três aditivos lançados no Diário Oficial são para manutenção da vigência contratual dos empreendimentos, para realizar a formalização de entregas temporária e definitiva de cada obra.

Ainda segundo a assessoria, as obras da Avenida Parque do Barbado devem ser concluídas em outubro deste ano, o entorno da Arena deve ser finalizado até agosto.

Já as obras do Complexo Viário Deputado Walter Rabello já foram concluídas e entregues e no momento passam por alguns reparos e a equipe de gestão da Secid está tratando de alguns tramites administrativos.

“São só tramites administrativos que ficam em toda obra, normalmente. Apareceu um problema lá, eles já vão arrumar, mas já está entregue e 100% finalizada”, explicou a assessoria.

Recentemente a Secid realizou um levantamento sobre a situação atual de cada uma das 21 construções implantadas em Cuiabá e Várzea Grande, região metropolitana da Capital. Conforme o documento, 11 empreendimentos foram entregues desde 2015 e cinco estão em andamento. Outras cinco passam por período de renegociação com as empresas responsáveis.

Avenida Parque do Barbado

Os trabalhos da implantação da Avenida Parque Barbado apresentam cerca de 76,2% de execução. No trecho que liga a Avenida Fernando Corrêa da Costa à Avenida Brasília resta a pavimentação da rotatória. Os serviços serão reiniciados em maio (quando finaliza o período chuvoso) para conclusão da rotatória e da segunda etapa: da Avenida Brasília à Archimedes Pereira Lima (Estrada do Moinho). A dimensão total da nova via é de 1,6 quilômetro.  A obra está orçada em  R$ 29,5 milhões e está sob responsabilidade da empresa Guaxe-Ecomind. A avenida deve ser entregue em outubro de 2018.

Complexo Viário Deputado Walter Rabello (Tijucal) 

A estrutura completa do Complexo Viário, situado na região do Coxipó, em Cuiabá, foi aberta ao tráfego em março de 2017. Com 2,9 km de extensão, o empreendimento apresentou custo final de R$ 32,6 milhões.

O complexo viário é composto por um viaduto que interliga a BR-364 à Avenida Fernando Corrêa da Costa, uma rotatória/marginais com dois pequenos viadutos que facilitam o acesso aos bairros no entorno e uma trincheira que interliga a BR 364 à Avenida Jornalista Archimedes Pereira Lima (estrada do Moinho). Conforme dados técnicos da Secid, a conclusão da obra resolveu problemas de congestionamento naquele cruzamento nos horários de maior fluxo de veículos.

Pavimentação de vias no entorno da Arena Pantanal

Os trabalhos de pavimentação de ruas e avenidas em bairro no entorno da Arena Pantanal foram executados em dois lotes. Entre os serviços estão: recuperação as ruas (pavimentação), construção de meio-fio, sarjeta, calçadas, bem como galerias e bocas de lobo. Alguns dos bairros beneficiados: Cidade Alta, Porto, Jardim Cuiabá, Goiabeiras Sul, Popula e Duque de Caxias. 

O primeiro corresponde (contrato 040/2012/Secopa) a execução de trabalhos em quatro ruas. Essa etapa da obra já foi executada 100% e custou pouco mais de R$ 3,7 milhões.

A segunda etapa dos trabalhos (contrato 060/2012/Secopa) refere-se à implantação de pavimentação em 37 vias com concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ). Os trabalhos foram executados no valor de R$ 9,7 milhões, porém apresentaram alguns vícios de construção. As negociações para os ajustes no pavimento estão em andamento entre a equipe técnica da Secid e empresa Três Irmãos Engenharia, responsável pelas duas etapas de obras.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER