15.04.2018 | 10h53


VÍTIMA DE AFOGAMENTO

Família de criança internada há um ano faz campanha para tratamento

No acidente, após ficar alguns minutos submerso na piscina, a criança foi reanimada e transferida para a capital. Hoje, Jether respira através de traqueostomia e tem movimentos limitados.



A família de Jether Emanoel, de 3 anos, realiza uma campanha para conseguir levar o menino para realizar um tratamento nos Estados Unidos. Jether sofreu uma lesão grave após se afogar na piscina do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) de Alta Floresta ( 802 Km de Cuiabá) em 9 de maio do ano passado e, desde então, permanece internado no Pronto-Socorro de Cuiabá.

A família pretende levar a criança para os Estados Unidos onde é realizada a oxigenoterapia e, para isso, precisa arrecadar R$ 200 mil.

No acidente, após ficar alguns minutos submerso na piscina, a criança foi reanimada e transferida para a capital. Hoje, Jether respira através de traqueostomia e tem movimentos limitados.

De acordo com a mãe do menino, Selma Lopes, a família não tem condições de bancar o tratamento e está mobilizando todos os conhecidos para ajudar na arrecadação do valor de R$ 200 mil. “Sou manicure, tenho mais dois filhos em casa e meu marido fica a maior parte do tempo em Cuiabá acompanhando nosso Jether. Foi através de pesquisas pela internet que descobri o tratamento das Câmeras Hiperbáricas e vi casos com comprovação de resultados. Com fé em Deus o Jether vai melhorar”, disse a mãe.

Tratamento

O objetivo da família é realizar o tratamento de oxigenoterapia hiperbárica em Nova Orleans com o especialista em medicina hiperbárica Paul Harch, da Escola de Medicina LSU. Já houve contato com o especialista, que afirmou receber a criança brasileira para o tratamento.

Segundo Selma Lopes, o que motivou a família a decidir levar o menino para os Estados Unidos foi o caso de sucesso de uma menina americana de dois anos que quase morreu afogada, mas com o tratamento, teve grandes avanços na recuperação e hoje tem uma vida normal. Seu nome é Eden Carlson. Ela chegou a ter danos cerebrais revertidos graças à oxigenoterapia hiperbárica.

Como ajudar

Para arrecadar o valor necessário para realizar o tratamento, a família está vendendo seus bens materiais e mobilizando a sociedade para somar nesta luta pela recuperação do filho.

Foi criada uma Vaquinha Virtual para realização de depósitos de qualquer valor https://www.vakinha.com.br/vaquinha/sos-tratamento-hiperbarica-jether-3-anos.

Os depósitos também podem ser realizados na Conta Poupança da Caixa Econômica, agência 1385, conta 0005 2554-4. Para mais informações, o contato da família é 66 99205-4142 ou 66 99662-4289.

Galeria de Fotos:
Credito:
Credito:










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER