24.04.2019 | 16h47


TRAGÉDIA NA ESTRADA

Batida entre Santana e caminhão mata mãe e filhas na BR-364

Acidente aconteceu em Goiás. Tânia era servidora do Estado de Mato Grosso. A família morava em Alto Araguaia.


DA REDAÇÃO

Um acidente na BR-364, em Portolândia (GO), matou a servidora de Alto Araguaia (MT),  Tânia Maria da Silva, de 48 anos, e as duas filhas dela, Maria Eduarda e Jordana da Silva Farias, 14 anos. O acidente fatal ocorreu na manhã desta quarta-feira (24), quando o carro em que a família estava, um VW Santana, bateu de frente com um caminhão.

O caminheiro não se feriu e relatou que o carro de Tânia estava na contramão e que não houve tempo para desviar e evitar a batida.

A perícia irá apurar as causas do acidente.

Equipe do Instituto Médico Legal (IML), da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Corpo de Bombeiros Militar (CBM) prestaram atendimento no local. A via foi interditada temporariamente, mas já está liberada.

A Prefeitura de Alto araguaia emitiu uma nota de pesar sobre o caso: “Tânia era servidora pública do Estado e possui grandes serviços prestados no município. Neste momento difícil para amigos e familiares, a Prefeitura externa os sentimentos e presta solidariedade a todos”, destaca trecho da nota.

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) suspendeu as aulas no período noturno na Escola Municipal Maria Júlia de Almeida, onde uma das garotas estudava. A Universidade Aberta do Brasil (UAB) também não houve atividades.  A rotina escolar volta ao normal na sexta-feira (26).

 

Leia mais: 

Batida entre Hilux e Pálio deixa três mortos em MT











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

Enquete

R$ 65 MILHÕES

Você é a favor ou contra o corte de Bolsonaro no orçamento da UFMT e IFMT?

Sim, só produzem baderna

Não, vai piorar o nível dos cursos

Sim, a maior parte do gasto é com altos salários de servidores

Não, deveria aumentar os investimentos

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER