Cuiabá, 22 de Fevereiro de 2017

Facebook Twitter Rss
16.02.2017 | 20h43
A- | A+


GERAL / SOBRA DA COPA

Após risco de desmoronamento, Prefeitura interdita ponte em Cuiabá

A interdição veio após o aviso de alerta sobre o transbordo do Rio Coxipó, emitido pela Defesa Civil de Cuiabá na última terça-feira (14)



Assessoria

Clique para ampliar

Ponte ficará interditada por tempo indeterminado

A prefeitura de Cuiabá, por meio da Defesa Civil, informa que a ponte sobre o Rio Coxipó, Professor Benedito Figueiredo, que interliga o bairro Jardim Califórnia – Beira Rio, com a Avenida Engenheiro Quidauguro Fonseca, no bairro Coophema, será interditada por tempo indeterminado na noite dessa quinta-feira (16) a partir das 20h.

Conforme relata o coordenador do órgão, Paulo Wolkmer, a ponte não apresenta problemas na estrutura, todavia já estava sendo monitorada pelos engenheiros técnicos por processo de “desbarrancamento” iniciado em novembro do ano passado. Segundo ele, a ponte teve a situação piorada devido à cheia no Rio Coxipó - alertada pela Defesa na última terça-feira (14).

“Em função da cheia, de ontem para hoje constatamos acréscimo no desbarrancamento. Nesta quinta-feira (16), após diversas aferições e monitoramentos realizados no local, a Defesa Civil concluiu que após ás 20h, quando estão prevista novas chuvas, a ponte poderá sofrer novo desbarrancamento  e ter sua cabeceira destruida”, frisou o coordenador.  

A prefeitura de Cuiabá que já estava em alerta, informou que além da Defesa Civil, a secretaria de Mobilidade Urbana – Semob está na ponte e irá desviar o trânsito para a Fernando Corrêa da Costa e Beira Rio. Segundo o Diretor de Trânsito da Semob, Michel Diniz, a orientação é para que aos motoristas não trafeguem em direção ao local, ressaltou também que Agentes de Trânsito já estão na ponte e permanecerão até as 00h retornando às 6h da sexta-feira (17). O objetivo é que a segurança dos condutores seja garantida.

“A interdição acontecerá pontualmente no horário já especificado e os agentes se manterão em atividade orientando e desviando os condutores para que não ocorra nenhum acidente no local”, pontuou.

O prefeito Emanuel Pinheiro, reforçou que as secretárias de Meio Ambiente e Obras, também estão à disposição para prestar os atendimentos necessários, visando sempre o cuidado com o cidadão. Ele ainda enfatizou que embora a interdição seja por tempo indeterminado, não poupará esforços para que o mais breve possível a ponte seja devolvida aos cuiabanos.

“Já estávamos em alerta, agora redobraremos os cuidados. Estamos em um dos períodos mais chuvosos do ano e essa interdição demonstra que a Defesa Civil está a postos para impedir que o pior aconteça. Agora garanto que iremos trabalhar com afinco para a população receba esse ponto de acesso om mais breve possível sem que ela represente risco para a população cuiabana”, frisou. A obra foi entregue pelo governo Silval Barbosa para a Copa de 2014.

Assessoria

Ponte Coxipó

 Existe a possibilidade de o barranco onde está a cabeceira da ponte desabar e levar a estrutura junto para o fundo do rio



COMENTÁRIOS









Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER