09.02.2018 | 18h50


COMBINAÇÃO EXPLOSIVA

Carnaval, escoamento da safra e estradas ruins; risco redobrado em MT

Na entrevista, Cadidé falou sobre os trechos mais movimentados, sem acostamento, com desnível da pista, ultrapassagem forçada, excesso de velocidade e a ingestão de bebida alcoólica.


Da Redação

O fluxo de veículos nas estradas aumenta durante o Carnaval e, apesar da melhora das condições das rodovias, alguns trechos ainda são preocupantes. Em entrevista ao o superintendente da Polícia Rodoviária Federal, Aristóteles Cadidé da Silva, afirmou que será feita uma fiscalização intensificada nos trechos em que foram registrados maior número de acidentes em 2017. 

Cadidé dá como exemplo a BR-163, especialmente no trecho que liga Nova Mutum a Sinop. "Com o Carnaval e o escoamento da safra é preciso ter muita atenção", alerta.

O superintendente diz ainda que durante o dia, o tráfego é maior já que durante a noite os veículos com comprimento superior a 21 metros são obrigados a parar.  "No entanto, pista sem trânsito não significa necessariamente segurança".

Na entrevista, Cadidé falou sobre os trechos mais movimentados, sem acostamento, com desnível de pista,  ultrapassagem forçada, excesso de velocidade e a ingestão de bebida alcoólica.  

Confira a entrevista na íntegra:

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER