23.05.2019 | 09h10


COAF NA JUSTIÇA

Juarez, Barbudo, Emanuelzinho e Leonardo votam por Moro; Veja quem foi contra



A Câmara dos Deputados decidiu pela transferência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) das mãos do ministro da Justiça, Sérgio Moro para a Economia, sob o comando de Paulo Guedes. O Coaf é o órgão responsável pelo combate a fraudes financeiras e de lavagem de dinheiro.

A votação ocorreu na quarta-feira (22), com 228 votos contrários e 210 a favor da permanência do Coaf no Ministério da Justiça.

Os parlamentares de Mato Grosso ficaram divididos.

Quatro votaram para o Coaf ficar sob o comando de Moro: Juarez Costa (MDB), Nelson Barbudo (PSL), Emanuelzinho (PTB) e Leonardo Albuquerque (SD).

Já três votaram pela transferência: Valtenir Pereira (MDB), Neri Geller (PP), e Rosa Neide (PT).

O deputado José Medeiros (Pode), vice-líder do Governo Bolsonaro e defensor de que o Coaf ficasse nas mãos de Moro, não compareceu à sessão. 

Para o Coaf ser transferido efetivamente para o Ministério da Economia, a medida ainda precisa passar por uma segunda votação, agora no Senado.











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

CHIRRÃO  23.05.19 16h44
NUNCA MAIS VOTAREI NESSES QUE VOTAM CONTRA A POPULAÇÃO E A FAVOR DE BANDIDO!

Responder

1
0
Armindo de Figueiredo Filho  23.05.19 10h44
Os que votaram contra o MORO...é PORQUE NÃO QUEREM VER O ""FIM DA CORRUPÇÃO"".....Querem navegar com ela sempre ........ OLHO VIVO nesses políticos..........FIM DE PAPO....

Responder

9
1

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER