29.06.2020 | 09h48


VARIEDADES / OPORTUNIDADE

Vilarejo na Itália oferece hospedagem gratuita pós-pandemia

San Giovanni in Galdo fica na região de Molise, pouco conhecida até mesmo entre os italianos



Para tentar amenizar o impacto que o novo coronavírus causou à economia, um pequeno vilarejo na Itália vai oferecer hospedagens de graça para atrair turistas quando as fronteiras do país forem reabertas.

Localizada na região de Molise, o vilarejo de San Giovanni in Galdo tem pouco mais de 550 habitantes e viu sua economia ruir durante a pandemia.

Batizada de “Regalati il Molise” (“Presenteie-se com Molise”, em português), a ação distribuirá 40 estadias de uma semana em casas do centro histórico do vilarejo entre os meses de julho e outubro. A iniciativa vale tanto para italianos como estrangeiros.

Entre os requisitos para pleitear a estadia estão: não morar nem ter propriedades ou parentes na região, que é a segunda menos populosa da Itália.

Para se inscrever, basta preencher um formulário,  disponível no site www.morrutto.com, e explicar por que escolheu Molise para passar as férias.

Temos 440 imóveis e apenas 12 famílias residentes no centro histórico de San Giovanni”, diz Stefano Trotta, presidente da Associação Amici del Morrutto –responsável pela ação publicitária.

Molise fica a cerca de 240 km a sudeste de Roma e é desconhecida até mesmo entre os italianos. Os moradores a apelidaram de “região que não existe”.

Atualmente, as fronteiras italianas estão liberadas apenas visitantes de países europeus que fazem parte da zona de Schengen. A reabertura para turistas de outros países está prevista para 1º de julho, mas de forma gradual.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO