02.06.2020 | 08h02


VARIEDADES / 'FOGO NO PARQUINHO'

Thiago Salvático desiste de brigar por herança de Gugu Liberato

O chef de cozinha alega ter sido companheiro do apresentador



Thiago Salvático, que disse ter sido companheiro de Gugu Liberato, desistiu de brigar pela herança de Gugu Liberato. Em nota enviada com exclusividade à Coluna Leo Dias, Thiago confirma a desistência. A Justiça de São Paulo já homologou a desistência de Thiago

A Coluna do Leo Dias apurou com pessoas próximas a Thiago Salvático que ele foi levado a desistir do processo de disputa da herança bilionária de Gugu Liberato por motivos pessoais.‬

‪Vale lembrar, entretanto, que nada impede o chef de cozinha de ingressar com outra ação, desta vez exigindo apenas o reconhecimento de sua união estável com o apresentador.‬

Este ponto, por sinal, é citado pelo próprio Thiago em uma nota enviada para a reportagem. Confira:‬

“Comunico que, em 28 de maio de 2020, desisti da Ação de Reconhecimento de União Estável Homoafetiva que movia contra os herdeiros legítimos e testamentários de Augusto Liberato. ‬

‪A desistência não significa que abri mão do direito ao reconhecimento da união estável que mantive com Augusto Liberato. ‬

‪No entanto, por razões de foro íntimo, prefiro não dar prosseguimento à ação neste momento”.

 

Em entrevista ao Fantástico, no mês passado, o chef de cozinha afirmou que a relação com Gugu era “baseada em amor”. Antes, na briga pela herança do apresentador, Salvático disse ter namorado Gugu desde 2011. “Foi uma relação de duas pessoas solteiras, baseada em muito amor, com comunhão de vidas, cumplicidade. E tenho muito orgulho”, declarou.

Conforme Salvático, que mora na Alemanha, um dos maiores desejos de Gugu seria o de poder se assumir. “O maior sonho dele era poder viver num mundo sem preconceito e sem julgamentos, e que as pessoas pudessem expressar livremente o amor”, disse.

Além disso, os advogados de Salvático afirmaram que o casal preservava a privacidade do romance, e que amigos mais próximos deles sabiam da relação.

Na ocasião, ainda requerendo sua parte da herança, ele disse: “Desde falecimento do Gugu busco preservar minha historia com ele, mas essa história tomou uma dimensão muito grande”. Agora, ele luta na Justiça para tentar provar ter sido companheiro do falecido.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO