10.11.2019 | 13h24


CASO ABSURDO

Professor é preso após braços de aluna serem achados na mochila dele

Membros decepados da mulher foram encontrados quando o homem estava sendo resgatado de uma enchente.



São Paulo - Um professor de história de 63 anos foi preso pela polícia de São Petersburgo, na Rússia, após dois braços decepados serem encontrados na mochila que ele usava quando foi resgatado de uma enchente na cidade.

Além dos braços, uma arma e uma serra foram encontrados com Oleg Sokolov, que é professor de história militar russa e conhecido na região porque faz encenações históricas da era napoleônica. A polícia iniciou investigações e logo encontrou a cabeça e o resto do corpo de Anastasia Yeschenko no flat do professor.

Segundo o jornal britânico Metro, o homem namorava a estudante de 24 anos e afirmou que "a matou acidentalmente durante uma discussão". Os dois moravam juntos e ele teria executado Anastasia três dias antes de decidir o que fazer com o corpo.

A polícia afirmou que Oleg planejava se matar após se livrar do cadáver da aluna. Ele estava vestido com uma fantasia de Napoleão Bonaparte, que costumava utilizar em eventos organizados por ele. O homem está hospitalizado por hipotermia e deve ficar preso à disposição da justiça após se recuperar.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO