02.06.2020 | 15h01


VARIEDADES / MUNDO

Papagaio dá alerta, e mulher consegue expulsar invasor de casa

A galesa foi até a sala e encontrou o invasor escondido atrás de uma porta. Os dois entraram em confronto. O ladrão conseguiu se desvencilhar da moradora e correu até a porta dos fundos.



Um invasor de casas em Monmouth (País de Gales) não contava com a ação de um morador bem barulhento. Assim que viu o homem entrando na residência, Charlie começou a gritar. E Charlie é um papagaio.

Os gritos de Charlie acordaram a moradora, Emma Dazeley, de 41 anos.

A galesa foi até a sala e encontrou o invasor escondido atrás de uma porta. Os dois entraram em confronto. O ladrão conseguiu se desvencilhar da moradora e correu até a porta dos fundos.

"Ele tentou pular uma cerca, mas Emma o agarrou", disse o promotor público Matthew Roberts, de acordo com o "Sun".

O larápio, identificado como Jake Fletcher, de 24 anos, deixou uma sacola cair. Nela estavam videogames e garrafas de bebida.

Não demorou para a polícia agir e prender Jake, que já havia invadido outras duas casas da região.

O juiz Richard Williams condenou o invasor a dois anos de prisão. Ele não aceitou o argumento da defesa de que Jake tem problemas com álcool. O magistrado elogiou a esperteza do papagaio e a coragem de Emma, que foi agraciada com um cheque de 500 libras (cerca de R$ 3.270).

Emma disse que dará a Charlie, como recompensa, uma porção de sépias, moluscos que são o prato preferido da ave.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO