11.09.2019 | 15h27


CRUELDADE

Pai adolescente admite ter sacudido filha recém-nascida até a morte

À época, com 19 anos, ele chegou a pesquisar na internet: "O que acontece quando um bebê é sacudido com muita força?"



O homem admitiu ter sacudido a filha de apenas 23 dias até a morte. De acordo com o Mirror, Thomas Haining se declarou culpado da acusação de assassinar a pequena Mikayla. Porém, os promotores aceitaram sua admissão e ele pode responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

O Supremo Tribunal de Edimburgo, na Escócia, indicou que Thomas causou lesões cerebrais “catastróficas e insuperáveis” à filha, deixando a criança em coma, com fraturas no crânio e diversas costelas quebradas. À época com 19 anos, ele cuidava da recém-nascida no dia 8 de junho de 2017.

Ao retirar a menina do berço para alimentá-la, Haining disse que ela aparentava estar adormecida e inconsciente. Desesperado, o jovem teria feito quatro pesquisas na internet sobre “bebês em coma”, além de ter perguntado: “O que acontece quando um bebê é sacudido com muita força?”











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER