14.06.2012 | 08h33


UBATUBA

Objetos de Clodovil salvos de leilão são expostos ao público

A exposição contará com peças do mobiliário, além de documentos, discursos e outros objetos do estilista



Após terem sido salvas por uma liminar na Justiça de serem leiloadas juntamente com outros objetos, peças do gabinete oficial, usadas por Clodovil Hernandes durante seu mandato como deputado em Brasília, serão expostas ao público, pela primeira vez.


A exposição será aberta no próximo sábado (16), em Ubatuba, litoral norte de São Paulo, numa parceria entre a prefeitura do município e o Instituto Clodovil Hernandes, coordenado pelo amigo do estilista e secretário de turismo da cidade, Maurício Petiz.


“A exposição se chama Clodovil e o Poder e vai mostrar tudo o que estava no gabinete dele em Brasília, os sofás com o brasão nacional, quadros, luminárias, a famosa mesa com escultura de serpente, além de painéis e todo o material de papelaria, como pastas e cartões, que foram gentilmente cedidos para mim pela Câmara”, explica Maurício Petiz a O Fuxico.


A mostra está sendo montada em um nicho, bem no centro do recinto de exposições e com a distribuição dos móveis, exatamente como era no gabinete.


“Eu estou montando tudo com muito carinho e de forma bem detalhada. Acabo até me emocionando porque a sensação que eu tenho é que estou arrumando tudo porque ele chegará a qualquer momento”, disse o amigo, emocionado.


Além dos móveis, Maurício explica que a exposição contará também com fotos, todos os projetos de lei assinados por ele durante o mandato, a PEC da redução no número de deputados e os discursos de Clodovil na câmara, em vídeos, na íntegra.

“Tudo isso estará na exposição. As pessoas vão poder ver os vídeos com os discursos que ele fez em Brasília, além de algumas entrevistas do programa Por Excelência , que ele fazia na extinta TV JB e em que entrevistava personalidades da política brasileira, como Dilma Roussef, na época ainda ministra”, conta Maurício.


Clodovil Hernandes assumiu como deputado em fevereiro de 2007 e exerceu seu mandato até sua morte, em março de 2009.


Está é a primeira vez, após a morte de Clodovil, que o gabinete será mostrado na íntegra. E a exposição abre na véspera do aniversário do estilista, que se estivesse vivo completaria 75 anos no dia 17 de junho.


“A exposição ficará aberta diariamente, das 14h às 20h, com entrada franca, até o dia 29 de julho”, informa o diretor do Instituto Clodovil.

Serviço:

Data: 16 de junho a 29 de julho

Local: Espaço Cultural Agrício Neri Barbosa: Avenida Iperoig, 214, Centro de Ubatuba











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO