17.10.2019 | 11h11


SEXO MORTAL

Mulher força homem a fazer sexo oral e quase o mata sufocado

Como estava presa desde dezembro, a Justiça considerou esse tempo razoável e liberou a mulher de mais tempo na cadeia



A Justiça do estado do Missouri, Estados Unidos, julgou o caso de Amy Nicole Parrino, 44 anos, acusada de quase matar um homem sufocado durante o sexo oral. Segundo os documentos da ocorrência, ela empurrou o então namorado no chão, sentou nele e gritou: “Como minha vagina”. No entanto, o rapaz desmaiou por não conseguir respirar.

Antes disso, no entanto, Amy deu várias voltas pelada ao redor da casa atrás do homem enquanto batia nele com um cinto, uma placa de metal e um smartphone. Segundo a polícia, ele foi atingido 25 vezes.

Quando a polícia chegou, o rapaz já tinha voltado a respirar, mas registrou ocorrência por agressão. Segundo ele, Amy já tinha um histórico, mas que foi ficando pior. Como estava presa desde dezembro, a Justiça considerou esse tempo razoável e liberou a mulher de mais tempo na cadeia











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO