17.09.2019 | 10h33


VEJA O VÍDEO

Michel Temer admite que foi ‘golpe’ durante entrevista ao ‘Roda Viva’

O ex-presidente da República comentou sobre o processo de impedimento que afastou Dilma Rousseff (PT) do cargo em 2016



O ex-presidente da República, Michel Temer (MDB), participou do programa “Roda Viva”, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira, 16, e concedeu uma hora e meia de entrevista aos jornalistas da bancada. Ao falar sobre o processo de impeachment que afastou Dilma Rousseff (PT) do cargo, em 2016, Temer admitiu que foi golpe.

“Eu jamais apoiei ou fiz empenho pelo golpe, aliás, muito recentemente, a Folha de S. Paulo detectou um telefonema que o ex-presidente Lula me deu, onde ele pleiteava trazer o PMDB para impedir o impedimento, e eu tentei. Mas, a essa altura, eu confesso que a movimentação popular era tão intensa que os partidos já estavam mais ou menos vocacionados para a ideia do impedimento. Mas, vejam, até o último momento, e este telefonema do ex-presidente Lula revela, exata e precisamente, que eu não era adepto do golpe”.

Após a entrevista de Temer ao “Roda Viva”, o nome do ex-presidente figura nos trending topics do Twitter, como o assunto mais comentado do dia no Brasil.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER