13.04.2011 | 12h48


VARIEDADES

Mato Grosso sobe no ranking das exportações

DA REDAÇÃO  11h40

No primeiro trimestre de 2011, Mato Grosso teve um aumento de aproximadamente 2% nas exportações, comparado ao mesmo período de 2010. Já as importações tiveram um aumento de 24,56%, também confrontado ao ano passado. Os dados foram divulgados no começo da semana pelo Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Com o aumento da economia, Mato Grosso subiu um degrau na posição do ranking dos Estados brasileiros que mais exportam e ocupou em março a 9° posição. Continua como líder nas exportações em relação aos outros Estados do Centro Oeste com 50% nos investimentos, seguido por Goiás 31%, Mato Grosso do Sul 18% e Distrito Federal 1%.

Dos países que mais exportam de Mato Grosso, a China está se destacando com uma porcentagem de 19,58%. Ocupando o segundo lugar vem os Países Baixos com 16% e em terceiro o Irã com aproximadamente 8%.

Já as exportações (por blocos econômicos) a União Europeia (Holanda, Espanha, Reino Unido, Itália e Portugal) lidera com 84,87%, depois a Ásia (China, Tailândia, Malásia, Indonésia e Vietnã) com em média 72% e o Oriente Médio (Republica Islâmica, Arábia Saudita, Coveite, Iêmen e Emirados Árabes) com 29,84%.

Dentro dessas estatísticas, o Estado acumulou cerca de U$ 2 bilhões nas exportações neste último mês. Entre os principais produtos exportados, a soja e seus derivados estão em primeiro lugar atingindo 57,05%, em seguida o milho com 22,86% e a carne bovina, aves e suíno com 14,24%.

As importações também aumentaram e com isso Mato Grosso conseguiu acumular aproximadamente U$ 300 milhões. Os países responsáveis pelas vendas de produtos para a região estão sendo Belarus, Ucrânia e China, que representam as porcentagens 24,46%, 12,11% e 10,78%, respectivamente.

Cloretos de potássio, ureia com teor de nitrogênio e sulfato de amônio utilizados como insumos agrícolas são os principais itens importados.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO