17.09.2019 | 14h34


MAUS-TRATOS

Mal-alimentado e preso em uma gaiola, sagui é resgatado

Animal era mantido sem autorização e alimentação adequada, segundo policiais



Agentes da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente e a Ordem Urbanística (Dema) resgatou, em Ceilândia, um sagui que estava em cativeiro. Segundo os policiais, “o animal era mantido em uma pequena gaiola, sem autorização dos órgãos ambientais, e alimentado de forma inapropriada”.

As condições caracterizariam delito contra a fauna, de acordo com a Lei n.º 9.605/98. A ação foi realizada na tarde de segunda-feira (16/09/2019). O pequeno macaco é da espécie Callithrix penicillata. O sagui-de-tufos-pretos (foto em destaque) é um animal silvestre típico do cerrado brasileiro.

O responsável foi autuado em flagrante delito. Já o sagui seguiu para o Centro de Triagem de Animais Silvestres do Ibama. Agora, será verificada a chance de o animal ser reinserido no habitat natural.

Recorde

Em julho deste ano, a Polícia Militar Ambiental resgatou 120 pássaros da fauna silvestre de um criadouro irregular, na Ponte Alta do Gama. Segundo a corporação, foi a maior apreensão de aves de 2019. Durante as buscas ao imóvel, a PM encontrou um galpão com todas as instalações específicas para criar os animais











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER