14.10.2019 | 09h25


NECROFILIA

Homem mata enfermeira e tenta fazer sexo com cadáver

Segundo o jornal The Sun, Boh Soon Ho estrangulou ex-colega de trabalho após ela se negar a ter relações sexuais e afetivas com ele



Um homem tentou ter relações sexuais com o cadáver de uma enfermeira, instantes depois de matá-la. Segundo o jornal britânico The Sun, Boh Soon Ho, de 51 anos, estrangulou Zhang Huaxiang, de 28, com uma toalha de banho após ela se recusar a dormir com ele. O caso ocorreu em Singapura, em 2016, mas o processo no qual Boh é acusado segue em andamento.

À polícia, Boh Soon Ho contou que se apaixonou por Zhang quando ambos trabalhavam em uma cafeteria. Eles viraram amigos, mas a moça não correspondia às investidas do homem para algo mais.

No depoimento, ele disse que durante um almoço em sua casa tentou fazer sexo com Zhang duas vezes, mas foi rejeitado. “Fiz tantas coisas por ela que não esperava que ela me tratasse dessa maneira”, contou ao tribunal.

Alegando que queria apenas dar um susto na colega, colocou a toalha em volta do pescoço da mulher. “Eu estava muito, muito bravo. Estava suando e tremendo. Foi como se um fogo atingisse minha cabeça. Não pensei muito. Foi um momento de impulso. Eu não tinha intenção de matá-la”, disse.

Depois de cometer o crime, ele tirou fotos do corpo de Zhang e tentou fazer sexo com ela. Ele foi preso após o corpo da enfermeira ser encontrado no dia seguinte, em sua própria casa.

Na legislação de Cingapura, caso seja condenado, Boh Soon Ho pode ser sentenciado à morte.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO