31.03.2020 | 09h09


VARIEDADES / CASADOS HÁ 44 ANOS

Homem mata a esposa estrangulada em briga durante a quarentena

Tony Williams estrangulou Ruth na casa em que eles viviam em Cwmbran (País de Gales)



Um homem de 69 anos foi preso sob acusação de ter matado a mulher, de 67, em uma briga, na noite de sexta-feira (27/3), quando os dois estavam isolados em casa por causa da pandemia de coronavírus.

De acordo com o "Sun", Tony Williams estrangulou Ruth na casa em que eles viviam em Cwmbran (País de Gales). Vizinhos relataram que o casal de aposentados vivera "feliz" por 44 anos.

Só no início da manhã de sábado (28/3), o serviço de emergência foi acionado. Ruth foi levada a um pronto-socorro, mas foi declarada morta ao chegar.

"Ela era uma mulher inteligente e bonita, com um grande senso de humor. Ela sempre tinha um sorriso no rosto e um brilho nos olhos. É um choque que ela tenha morrido. Ela e o marido pareciam dedicados um ao outro, não havia nada que indicasse que isso iria acontecer", declarou uma vizinha. "Mas as pessoas estão ficando estressadas com o isolamento", acrescentou.

"Isso é terrível. Eles sempre pareciam ser pessoas muito boas", comentou outro.m

O casal teve uma filha, Emma, de 40 anos. O motivo da briga não foi revelado.

Foi o primeiro crime do tipo no Reino Unido desde que o isolamento social foi imposto no país











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO