22.07.2013 | 14h03


DE CABEÇA

Embriagado, homem pula em piscina vazia e morre

Quando ainda estava bêbado – e vivo – o rapaz queria dirigir para buscar a namorada em Caracas, mas os amigos não deixaram.



Juan Manuel Prieto tinha apenas 30 anos e muita cachaça na cabeça. O venezuelano se acidentou pulando em uma piscina vazia e acabou morrendo, de acordo com o jornal local “Olo Pelao”.

Os familiares de Juan Manuel contam que ele saiu para beber depois do trabalho e acabou exagerando a dose. Literalmente.

Quando ainda estava bêbado – e vivo – o rapaz queria dirigir para buscar a namorada em Caracas. Os amigos explicaram os riscos de dirigir embriagado e Juan Manuel decidiu jantar e dormir na casa dos colegas.

A intenção foi ótima, mas não poupou a vida dele. Quando acordou, Juan Manuel resolveu nadar na piscina que, por azar, estava vazia. Como não notou esse “pequeno detalhe”, ele bateu com a cabeça faleceu no local.

Lição do dia: se beber, não se mexa.











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

josé  22.07.13 22h25
mas que imbecilidade. essa notícia é facke kkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

0
0

Enquete

ABUSO DE AUTORIDADE

Você concorda com aprovação da Lei para punir juízes?

Concordo: MP e Juízes erram muito e prejudicam pessoas de bem

Não concordo. A aprovação da lei é que é um abuso

Bolsonaro deveria vetar a lei

Bolsonaro deve sancionar a lei

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER