10.05.2019 | 09h16


DIA DAS MÃES

Comércio popular espera alta de até 7% no dia das mães

Em Mato Grosso, o índice pode até superar a expectativa para o ano. É o que espera o presidente do Shopping Popular em Cuiabá



A véspera do Dia das Mães pretende movimentar ainda mais as ruas de comércio popular e shoppings de Cuiabá. Celebrada neste domingo (12.05), a data é considerada a segunda mais importante do ano para o varejo, atrás apenas do Natal. As vendas devem movimentar R$ 9,7 bilhões neste período no Brasil, o que é equivalente ao verificado em 2014 (R$ 9,6 bilhões), revelou um estudo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).   

A estimativa da entidade é de que o volume de vendas aumente 3,8% em comparação com a mesma data comemorativa de 2018 – descontada a inflação. Nessa perspectiva, seria o terceiro ano consecutivo de alta real de vendas. 

Em Mato Grosso, o índice pode até superar a expectativa para o ano. É o que espera o presidente do Shopping Popular em Cuiabá, Sivaldo Oliveira. “O Dia das Mães é uma data importante para nós. Tanto que, para o mês de maio, projetamos um incremento em torno de 7% no faturamento. Acreditamos que o desempenho será fortemente influenciado pelos segmentos de perfumaria, maquiagem, confecções, bolsas e acessórios femininos”, pondera. 

Tal perspectiva é reiterada pela pesquisa do CNC, que apontou que o crescimento das vendas deve ocorrer principalmente nos segmentos de perfumarias e cosméticos (11,1%) e vestuário (10,1%). Além disso, 19 itens que compõem a cesta de bens e serviços avaliados pela entidade estão mais barato, com destaque para a maquiagem (-6,3%), os tênis (-2,7%) e as bolsas (-2,2%), que devem chamar a atenção do público.

Para a comerciante Lazy Maciel, que atua no ramo de acessórios femininos e calçados no Shopping Popular, a data requer muito mais do que apenas a oferta de opções – é preciso oferecer praticidade para o público no momento da compra.

“Preparamos várias opções para vários tipos de mães. Tem aquelas que preferem semijoias – brincos, colares e anéis. Outras, sapatilhas. Até porque sapato nunca é demais e mulher adora. Mas, preparamos também uma cesta, que já vem completa – com cartão, chocolate, ursinho escrito ‘Eu te amo’ e demais itens”, ressalta.

Em relação às mães mais tradicionais, a comerciante Tamires Kepnner, que trabalha no ramo de confecção feminina, destaca que itens de vestuário são sempre boas opções. “As mães gostam muito. É algo que se usa bastante. Blusas, vestidos e shorts são úteis. E há looks voltados para mães mais reservadas até moda para usar no dia a dia”, destaca. Com a proximidade do inverno, a comerciante Viviane Cardoso dá a dica: “tem o coberdrom. 100% algodão e antialérgico”.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER