17.02.2011 | 12h30


VARIEDADES

Cheques sem fundos em janeiro caem ao menor nível em seis anos


DA REDAÇÃO 12h28

O ano de 2010 com o mercado de trabalho mais inflado trouxe como reflexo positivo em janeiro a queda no volume de cheques sem fundos.

Essa afirmação é do Serasa Experian nesta quinta-feira (17), o volume de "borrachudos" no mês passado foi de 1,70% do total de cheque emitidos - o menor para meses de janeiro desde 2005 (quando foi devolvido 1,53% do total).
Mas o Serasa, diz que são esperados resultados diferentes nos meses de fevereiro e março, pela pressão no orçamento familiar, devido ao pagamento de impostos - como IPVA e IPTU - e despesas escolares.

Outro fator que pode ter influenciado o resultado é a mudança no hábito de pagamento do consumidor, que vem substituindo o cheque pelo cartão de crédito. Isso pode resultar em novas quedas no volume de cheques devolvidos a partir de abril.

Roraima foi o Estado com o maior percentual de cheques devolvidos (11,38%). São Paulo, por sua vez, teve o menor (1,29%). Entre as regiões, a Norte foi a com maior percentual de devolução de cheques no primeiro mês do ano (3,80%), e o Sudeste ficou na outra ponta do ranking (1,39%).(Com r7)

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO