20.02.2020 | 14h37


VARIEDADES / GOSTO PECULIAR

'Bebê' adulta dorme em berço e tem custos com fraldas pagos por fãs

Apesar de ser criticada por muitos internautas, a estadunidense Paigey, de 25 anos, se declara feliz com o estilo de vida peculiar



A norte-americana Paigey, de 25 anos, adotou um estilo de vida um tanto quanto peculiar para si: ela se comporta como bebê. Dorme em berço, usa fraldas, diverte-se com bonecas e aproveita para criar conteúdo on-line.

Ela tem, inclusive, um serviço próprio de assinatura, com 426 membros cadastrados. Além de acompanharem a rotina da jovem, os fãs ajudam a financiar as despesas e o lifestyle excêntrico. Paigey ainda tem um perfil de Instagram seguido por mais de 2 mil pessoas. Nos comentários de fotos com chupeta e poses ousadas, internautas a acusam de sexualizar a infância.

Ela, no entanto, rebate as críticas e acha o comportamento normal. “Eu sempre tive muito senso de humor e gostei de colecionar brinquedos. Quando atingi a maioridade legal, comecei a pesquisar para ver se havia outras pessoas com o mesmo interesse que o meu. Encontrei uma comunidade inteira”, revela ao site Daily Mail.

“Um dos sentimentos mais fortes que as pessoas têm é a vergonha, então, eu decidi ir a público”, explica.

“Eu criei um canal no YouTube e um site. Tudo que faço é sobre como viver sua vida adulta como um bebê. Temos que fazer todas as coisas normais de adultos, como pagar as contas, mas também temos a responsabilidade de manter nosso estilo de vida”, conta.

Ela diz não se aborrecer com os comentários negativos que recebe. “Muitas pessoas questionam minha inteligência. Eles perguntam por que uma pessoa normal e inteligente viveria assim?”, diz. A loira revela, porém, encontrar afago e incentivo on-line. “Recebo e-mails todos os dias de pessoas que agradecem por me expor”

Quando está fora de casa, ela garante comportar-se como adulta. “Até me visto como uma criança, mas não vou tomar mamadeira ou chupar uma chupeta. Sou discreta quando estou em público”.

Paigey está noiva há cinco anos e, embora o parceiro não siga o mesmo estilo de vida dela, ele a apoia.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO