26.03.2020 | 11h30


VARIEDADES / PANDEMIA

Apresentador da Globo está internado na UTI com coronavírus

A primeira vez que Seu Waldemar sentiu sintomas que poderiam ser decorrentes de uma infecção causada pelo novo coronavírus foi no dia 18 de março



Waldemar Neto, de 33 anos, mais conhecido como Seu Waldemar, está internado na UTI de um hospital em Goiânia. O apresentador comanda o programa "No Balaio", na TV Anhanguera, filial da Globo em Goiás. Segundo comunicado divulgado nas redes sociais, ele recebeu a confirmação de que está com Covid-19 na quarta-feira.

A primeira vez que Seu Waldemar sentiu sintomas que poderiam ser decorrentes de uma infecção causada pelo novo coronavírus foi no dia 18 de março. Desde então, ele recebeu o diagnóstico de uma pneumonia e se manteve em isolamento social. O apresentador está internado, mas apresenta melhoras.

"Seu Waldemar segue em acompanhamento na Unidade de Terapia Intensiva desde a noite da última segunda-feira e responde positiviamente aos procedimentos realizados. Notou-se melhora considerável nos exames clínicos", escreveu a assessoria do ex-cantor sertanejo em um comunicado. 

Conforme o colunista Leo Dias noticiou, a filial da Globo em Goiás está sendo bastante afetada pelo coronavírus. O principal apresentador da emissora, Mathes Ribeiro, ficou afastado do trabalho por conta de suspeitas de estar com a Covid-19. Além de Seu Waldemar, um outra apresentadora e um repórter também estão afastados da TV Anhanguera por apresentarem sintomas da doença. 

Em um post no Instagram, a emissora de televisão mandou desejos de melhoras a Seu Waldemar e também aproveitou para relembrar os seguidores das precauções que devem ser tomadas para conter o contágio do novo coronavírus. "Nesse momento, gostaríamos de reforçar as medidas de proteção contra o coronavírus como evitar aglomerações, contatos próximos com outras pessoas, higienizar sempre as mãos e os objetos que tocar, além de permanecer em casa sempre que possível. Vamos juntos torcer pela rápida recuperação do Waldemar e continuar cuidando uns dos outros!", dizia a publicação.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO