17.01.2020 | 14h17


MUNDO

Acumulador é achado morto entre montanhas de lixo em casa

A polícía precisou da ajuda de funcionários da prefeitura para abrir caminho e chegar até o corpo.



A polícia de Birmingham (Inglaterra) encontrou o corpo de James Pettit, de 63 anos, entre montanhas de lixo na casa em que ele vivia por 40 anos. O idoso era acumulador.

Pilhas de papéis, incluindo muitos jornais, garrafas plásticas e vários outros objetos encheram a caçamba de três caminhões durante a remoção do lixo da residência.

A polícía precisou da ajuda de funcionários da prefeitura para abrir caminho e chegar até o corpo.

"Estava muito perigoso remover o corpo. No andar de cima estava ainda pior", disse uma fonte, de acordo com o "Metro".

O caso foi registrado por SnapperSK. As imagens foram cedidas exclusivamente ao PAGE NOT FOUND.

A polícia foi até o endereço após vizinhos reclamarem do mau cheiro e desconfiarem do desaparecimento do morador, classificado por eles como um "homem quieto".

"O mais estranho é que ele sempre aparecia na rua bem vestido, com roupas limpas e passadas", comentou um vizinho.

A causa da morte ainda não foi determinada.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO