alexametrics
30.11.-0001 | 00h00


POLÍTICA / R$ 3,6 MILHÕES PELO RALO

Irritado, Mendes lamenta contrato com a derrotada Mangueira

Escola de samba ficou no sétimo lugar na classificação geral das campeãs



 

O prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (PSB) nunca fez questão de esconder a insatisfação diante do contrato de R$ 3,6 milhões firmado com a Estação Primeira de Mangueira pelo ex-gestor Chico Galindo (PTB).


Nesta quarta-feira (13), após a escola de samba ser derrota pela Vila Isabel, alcançando apenas o sétimo lugar na classificação geral, Mendes, de tão irritado, não quis nem comentar.


“Eu prefiro não fazer nenhum comentário. Eu não faria esse pagamento. Com tantos problemas por aqui, mas agora já foi. É passado. Não fico remoendo coisas, estou pensando lá na frente”, declarou o chefe do Executivo.


O prefeito literalmente “deu de ombros” até para o desfile da agremiação carioca, que ocorreu na noite desta segunda-feira (11) no Sambódromo da Marquês de Sapucaí.


Ele preferiu passar o Carnaval na Capital e visitou os bairros Pedra 90, Parque Cuiabá, Tijucal, CPA II, Porto, Praça da Mandioca e Distrito de Nossa Senhora da Guia. O desfile foi exibido em telões nos referidos bairros da Capital.


O clima entre Mendes e a diretoria da Mangueira ficou tenso após a escola não cumprir parte das determinações em contrato, que previa ensaios técnicos e oficinas na Capital. Após isso, os ingressos de acesso ao desfile só foram entregues ao prefeito na última hora - na última sexta-feira (8) - mesmo assim, sem direito a hospedagem e transporte.


Integrantes da Verde e Rosa disponibilizaram oito espaços exclusivos, com 12 lugares cada. A articulação foi feita pelo secretário de Turismo e Cultura da Capital, Marcus Fabrício, que viajou na última semana para o Rio de Janeiro (RJ) a fim de intermediar e garantir o cumprimento dos termos do acordo.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime