23.11.2010 | 09h19


POLÍCIA

Vilceu Marchetti é apontado como "chefe de bando" no desvio de R$ 44 mi

MIRO FERRAZ
DA REDAÇÃO

O ex-secretário de Estado de Infraestrutura, Vilceu Marchetti, é apontado pela Delegacia Fazendária como a peça-chave na investigação do superfaturamento de R$ 44 milhões, ocorrido na compra de máquinas pelo Governo, no início deste ano. Vilceu é apontado como "chefe de bando" e teria fraudado duas licitações. No relatório final, consta a frase: "Foram dois exercícios financeiros da Polícia Civil Mato-grossense que Vilceu Marchetti e seu bando surrupiaram num só projeto, R$ 44 milhões". Marchetti é tido como o principal articulador junto às empresas e é acusado de cobrar propina.

O relatório aponta ainda que Marchetti "montou" a licitação. Marchetti foi indiciado juntamente com outros 11 acusados, sendo dois ex-servidores da Sinfra e nove empresários. Todos acusados por fraude em licitação, corrupção passiva e formação de quadrilha. (com informações do site olhardireto).











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO