alexametrics
02.08.2020 | 08h24


POLÍCIA / CRIME EM SÃO PAULO

Vereador é preso por homicídio 11 anos após condenação

O vice-presidente da Câmara de Carlinda, Manoel Costa, está detido na cadeia em Alta Floresta. O crime ocorreu em 1984, quado o parlamentar trabalhava como segurança de empresa no interior de SP



O vice-presidente da Câmara de Carlinda (756 km de Cuiabá), vereador Manoel Miranda Costa (PL), foi preso por uma condenação de homicídio em São Paulo.

O advogado Wagner Silveira Fagundes, que faz a defesa do parlamentar, disse que o mandado de prisão é devido à decisão do Tribunal do Júri da Comarca de Rio Claro (SP), ocorrido em 2009, sobre um homicídio que ocorreu em 1984 quando Manoel era segurança de uma empresa naquela cidade.

"Ele foi funcionário de uma empresa de segurança na época e, defendendo o patrimônio da própria empresa, o pessoal tentou assaltar essa empresa, parece que houve alguma situação que não tenho conhecimento pleno de qual foi a participação dele e como foi o fato", disse o advogado.

A defesa comentou que o mandado de prisão foi recebido com surpresa pelo seu cliente, pois não sabia que havia sido condenado.

O advogado disse que sua equipe está analisando o caso, mas devido à pandemia do coronavírus, está com dificuldades para ter acesso ao processo, que é físico, ou seja, não está on line.

O vereador está detido na cadeia pública de Alta Floresta.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime