alexametrics
31.12.2010 | 13h48


POLÍCIA

UTI do Pronto Socorro é liberada após desinfecção; cinco bebês morreram

MIRO FERRAZ
DA REDAÇÃO

A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do Pronto-Socorro de Cuiabá foi liberada para o uso desde o final da tarde desta quinta-feira (30). Segundo informações da assessoria de imprensa, a desinfecção no local já foi feita. A unidade a partir de agora aguarda o encaminhamento de novos pacientes autorizados pela Central de Regulação.

O local foi fechado no último dia 28, após a morte de cinco bebês com suspeita de infecção por bactéria. Em 15 dias, cinco bebês morreram na unidade, sendo que a causa da morte ainda é desconhecida em dois casos.

De acordo com o presidente da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar do Pronto-Socorro, Luciano Ribeiro, até o momento foram registrados a presença da bactéria (staphylococcus epidermidis) em três casos, sendo uma morte confirmada por infecção na corrente sanguínea.

Em dois casos a bactéria foi encontrada na pele, no entanto, não se confirmou se foi à causa do óbito. Os demais casos estão sendo investigados pela secretaria municipal de Saúde. Segundo o infectologista, os pacientes vieram transferidos do interior do Estado para Cuiabá.

Segundo o secretário de Saúde, Maurélio Ribeiro, os pacientes que chegam do interior do Estado são encaminhados aos hospitais conveniados entre eles: Santa Casa, Santa Rosa e Santa Helena.

 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime