alexametrics
14.06.2010 | 12h45


POLÍCIA

Tuma Jr. é exonerado do cargo de secretário nacional de Justiça



O Ministério da Justiça afirmou, em nota divulgada nesta segunda-feira, que Romeu Tuma Jr. foi exonerado do cargo de secretário nacional de Justiça. Em nota divulgada em seu site, o ministério afirma que o ministro Luiz Paulo Barreto encaminhou hoje ao Palácio do Planalto o ato de exoneração de Tuma Jr., acusado de envolvimento com o suposto chefe da máfia chinesa em São Paulo, Paulo Li.

Segundo a nota, o ministro entende que, "estando fora do cargo que atualmente ocupa, Tuma Jr. poderá melhor promover sua defesa". O ex-secretário responde a três procedimentos apuratórios junto à Comissão de Ética da Presidência da República, no próprio Ministério da Justiça e à Polícia Federal. O comunicado de Tuma Jr. ainda destaca os "relevantes trabalhos prestados" por ele enquanto esteve no cargo.

Nesta segunda-feira, Tuma Jr. retornou ao trabalho após ficar um mês de férias. Durante o seu afastamento, o ministério deu início a uma sindicância para apurar as denúncias contra o secretário. De acordo com a assessoria da pasta, os trabalhos da sindicância ainda não foram concluídos. Tuma Jr. também prestou esclarecimentos à Comissão de Ética da Presidência da República, que apura as denúncias.

Confira a íntegra da nota do Ministério da Justiça:

O ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, encaminhou nesta segunda-feira ao Palácio do Planalto ato de exoneração do delegado de Polícia Civil de São Paulo, Romeu Tuma Júnior, do cargo de secretário nacional de Justiça do Ministério da Justiça. Tuma Júnior responde a três procedimentos apuratórios junto à Comissão de Ética da Presidência da República, junto ao próprio MJ e à Polícia Federal. O ministro entende que, estando fora do cargo que atualmente ocupa, Tuma Júnior poderá melhor promover sua defesa.

O ministério destaca os relevantes trabalhos prestados pelo Dr. Romeu Tuma Júnior enquanto esteve à frente da Secretaria Nacional de Justiça.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime