alexametrics
08.12.2019 | 14h45


POLÍCIA / PROFISSÃO PERIGO

Trio sequestra motorista de aplicativo para roubar carro em Várzea Grande

O roubo acabou frustrado pela Polícia Militar que abordou o veículo no Centro da cidade e prendeu os bandidos em flagrante.


DA REDAÇÃO

Um motorista de transporte por aplicativo, de 45 anos, foi sequestrado por uma quadrilha e teria o Volkswagen Voyage roubado se a Polícia Militar (PM) não tivesse abordado o veículo, que trafegava em atitude suspeita com quatro homens dentro pela Avenida Ulisses Pompeo de Campos no Centro de Várzea Grande, na tarde desse sábado (07).

A vítima foi salva pelos militares e não há informações se sofreu algum tipo de violência física.

De acordo com a PM, os três passageiros, após verem a viatura militar, tentaram disfarçar, mas durante a abordagem veicular o motorista se identificou e os policiais encontraram um pedaço de cano de PVC enrolado com fita isolante imitando uma arma de fogo (simulacro).

Após serem questionados, os três bandidos confessaram que chamaram o carro pelo aplicativo de celular com a intenção de sequestrar o motorista e roubar Voyage que, em seguida, seria levado para uma casa do bairro Nossa Senhora da Guia.

Os militares seguiram ao endereço informado pelos ladrões, onde identificaram e prenderam mais três envolvidos no crime, sendo duas mulheres e um homem.

Uma das acusadas disse à PM que recebeu a ligação de um traficante, o qual compra drogas regularmente, que ofereceu a ela uma quantia em entorpecentes, para que ajudasse no crime e escondesse o carro roubado em casa.

De acordo com os policiais, o celular de um dos bandidos tocou diversas vezes durante o registro da ocorrência e na tela aparecia o nome Diego, traficante denunciado pela mulher.

O acusado, questionado sobre quem estava ligando insistentemente, disse que o traficante estava esperando o carro que seria roubado.

A quadrilha formada por C.L.S., 21 anos, G.J.A., 17, A.G.S., 23, C.O., 17, J.G.A.A., 19 e W.B.C., 18, foram encaminhados à Central de Flagrantes, onde a ocorrência foi registrada e os criminosos ficaram à disposição da Justiça. 

A Polícia Civil investiga o caso e busca pelo traficante envolvido no caso.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime