alexametrics
02.07.2020 | 08h07


POLÍCIA / CPF CANCELADO

Trio faz ‘arrastão’ em Várzea Grande; PM mata bandido e prende mulher

Casal e mais um criminosos renderam moradores no Jardim de Alá e roubaram carro, celulares e dinheiro e objetos pessoais das vítimas


DA REDAÇÃO

Um assaltante, identificado como Daniel Pereira de Almeida, 22 anos, conhecido como "Lucas", morreu baleado no peito e uma mulher foi presa, durante uma ação policial contra troca de tiros na noite dessa quarta-feira (1º), no bairro Jardim de Alá, durante uma fuga após os criminosos serem denunciados por assaltos no bairro no ‘modo arrastão’.

De acordo com a ocorrência, o casal e mais um homem, com duas armas, renderam um morador do bairro e roubaram o carro da vítima, um Honda Fit, e o celular Iphone 8. Em seguida, o bando fugiu. A Polícia Militar (PM) foi comunicada do roubo e saiu em patrulhamento pela região.

Pouco tempo depois, o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) comunicou à guarnição que recebeu denúncia que de três bandidos com um Honda Fit assaltaram um grupo de pessoas na Rua Iraque, ainda no mesmo bairro, fazendo um ‘arrastão’ e levando diversos celulares.

Em patrulhamento, a guarnição policial encontrou o veículo roubado trafegando já pelo bairro Jardim de Alá, onde foi dada ordem de parada, porém, desobedecida pelos bandidos, que aceleraram na tentativa de escapar.

Os militares perseguiram os criminosos e ainda pediram apoio a outras equipes militares. Na Rua 22 de Abril, os bandidos simularam que iam parar o veículo, momento em que um deles desceu armado do carro atirando contra a viatura e correndo para uma região de mata próxima, por onde conseguiu escapar.

Após o comparsa descer, o motorista deu nova partida e continuou a fuga, porém, entrou numa rua sem saída, perdeu o controle da direção, subiu na calçada e bateu o Honda contra um

Baleado, bandido armado partiu para cima de um sargento da PM, sendo morto a tiros no local por policiais militares

padrão de energia.

O motorista e a comparsa correram à pé e entraram num matagal, por onde foram seguidos pelos militares, porém apenas a acusada foi alcançada e presa. O acusado ‘desapareceu’ no meio do mato e conseguiu fugir.

O primeiro bandido, que trocou tiros com a PM, invadiu uma residência no bairro, sangrando, aterrorizando os moradores. A PM foi comunicada do fato e chegou ao endereço, quando o bandido partiu para cima de um sargento aos gritos e com o revólver na mão. Os policiais tentaram conversar com o ladrão, porém, como ele continuava a colocar em risco a vida do sargento foi atingido por um tiro e caiu ferido no chão.

Uma equipe de resgate do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada para prestar atendimento ao ladrão, porém, como a ambulância estava demorando, os policiais prestaram socorro ao bandido e o encaminhou ao Pronto-Socorro.

Momentos após a entrada do criminoso na unidade de saúde foi constatada a morte dele.

Os militares solicitaram uma equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) no local dos fatos para que evidências fossem coletadas e confirmadas as circunstâncias da ação que levou à morte do bandido.

A acusada foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil, ouvida pelo delegado e mantida presa à disposição da Justiça.

Os investigadores investigam o caso e buscam pelo bandido foragido.

Galeria de Fotos:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime