18.02.2020 | 14h20


POLÍCIA / À LUZ DO DIA

Travestis espancam e usam canivetes para roubar motorista de aplicativo no ‘Zero Quilômetro’

O caso foi registrado no final da manhã desta terça-feira (18), no bairro Jardim Potiguar, em Várzea Grande, onde duas foram presas


DA REDAÇÃO

Um motorista de aplicativo de 63 anos, nome não divulgado, foi espancado e roubado no final da manhã desta terça-feira (18) por três travestis na região do ‘Zero Quilômetro’, bairro Jardim Potiguar, em Várzea Grande.

De acordo com a vítima, ele foi abordado pelas travestis armadas com canivetes, quando foi agredido fisicamente e ameaçado de morte.

As criminosas roubaram do idoso a carteira com R$ 300, além do aparelho celular.

O Grupo de Apoio (GAP) da Polícia Militar (PM) recebeu a ocorrência, por meio do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), compareceu ao local e conversou com a vítima, que alegou estar com dores no nariz devido às agressões sofridas.

Em buscas pela região, os militares conseguiram identificar e abordar os acusados, que foram identificados como Kemily, 19 anos, e Rubi, 22. A terceira travesti não foi encontrada.

Durante revista pessoal, foram apreendidos em poder das duas dois canivetes, uma faca de serra, uma porção de maconha e outra de cocaína, além de ter sido recuperado o celular da vítima.

Questionados sobre o terceiro envolvido e a carteira roubada, as acusadas se negaram a responder.

Os policiais precisaram usar de força física para imobilizar as ladras, já que tentaram resistir à prisão.

Elas foram encaminhadas à delegacia Central de Flagrantes, onde a ocorrência foi registrada por crime de roubo à mão armada e ficaram aguardando os procedimentos cabíveis ao caso.

 











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Julio Cesar Santos De Oliveira  18.02.20 18h01
Aí vc pega umas pragas dessa bate neles vc é homofobico. Mas eles podem roubar bate e até matar que não acontece nada com eles. Em que mundo estamos vivendo como diz aquele velho ditado " E o poste mijando no cachorro "

Responder

25
0
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO