alexametrics
25.09.2010 | 13h43


POLÍCIA

Trânsito: 20 mil alunos são orientados pelo Detran durante Semana Nacional

Kamila Arruda
da redação

Terminaram nesta sexta-feira (24) as atividades da Semana Nacional de Trânsito 2010 na Capital. Cerca de 10 mil estudantes participaram. Este ano, devido às eleições, a programação ficou restrita às escolas das redes pública e privada.

Os educadores do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) e os parceiros, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Guarda Municipal de Várzea Grande (GMVG), ministraram palestras educativas para estudantes do ensino fundamental e médio de 33 escolas de Cuiabá e Várzea Grande e Poconé. No interior, os pólos também desenvolveram ações, atendendo outros 10 mil alunos, somadas as cidades de Sinop, Tangará da Serra, Rondonópolis, Cáceres e Barra do Garças.

Os educadores orientaram a comunidade escolar sobre a importância de condutas responsáveis no trânsito no que se refere ao transporte adequado de crianças, já que o tema deste ano abordou o cinto de segurança e a “cadeirinha”.

O Educador de Trânsito do Detran, José Eudes, avalia como positivas as atividades dentro das escolas e salienta que todo o cronograma foi cumprido. “As crianças e os adolescentes foram bem receptivos; alguns até mostraram bom conhecimento sobre o tema”, diz. Segundo o educador, os palestrantes do Detran e da PRF trabalharam  com um material multimídia completo, contendo vídeos, fotos e slides. A Guarda Municipal de VG utilizou teatro de fantoches.

De acordo com a Coordenadora de Educação para o Trânsito, Renata Neves Freitas, o mais importante foi sensibilizar os estudantes quanto ao uso do dispositivo de segurança. “As crianças e os adolescentes, após a Semana Nacional do Trânsito, cobrarão dos pais ou responsáveis, com mais veemência, o uso do cinto de segurança e da cadeirinha”, avalia.

Apesar de findada a programação da Semana Nacional, o trabalho educativo não vai parar. Segundo a coordenadora, o DETRAN tem projetos para voltar a abordar o tema após as eleições, para assim também sensibilizar e orientar a sociedade em geral. “É um tema complexo e que exige muita responsabilidade, tanto de pais e filhos, quanto do agente público”, finaliza.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime