alexametrics
09.12.2010 | 20h06


POLÍCIA

Testemunhas faltam e assassino de Reyes tem Juri remarcado para maio

ANDRÉ MICHELLS
DA REDAÇÃO

O julgamento do assassino do estudante Alexadre Reyes, Ismael Vieira da Silva (25), que aconteceria nesta quinta feira (9), em São Paulo, foi adiado. A informação é do pai do estudante, Heitor Reyes. O motivo do adiamento é que algumas testemunhas importantes do caso, não compareceram, obrigando o juiz a suspender o Juri. A nova data foi marcada para o dia 8 de maio de 2011, em São Paulo, capital.

O crime aconteceu no dia 24 de maio, no ano de 2008, depois de uma discussão de trânsito, na região do Jabaquara, Zona Sul de SP. Ismael atirou na nuca do estudante cuiabano. Câmeras de segurança, instaladas em uma empresa de engenharia da cidade flagraram o momento do crime.

Segundo o depoimento dos jovens que estavam com Alexandre, o carro em que trafegavam teve de frear bruscamente em uma lombada, atrás de uma pick up vermelha, conduzida por Ismel. Irritado, o assassino desceu e discutiu com o motorista do Ford Scort em que estava o cuiabano. Ismael atirou, errou o alvo e acertou o estudante que estava no banco de trás.

O crime aconteceu na Avenida Engenheiro Armando Arruda Pereira, no bairro de Americanópolis, por volta das 22h30. Alexandre cursava o terceiro ano do ensino médio e morava no Bairro da Saúde, na Capital paulista e trabalhava em uma empresa de eventos.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime