07.04.2020 | 10h20


POLÍCIA / CRIME BÁRBARO

Suposto membro do Comando Vermelho sequestra e estupra menina de 13 anos

A adolescente foi abordada e ‘pega’ durante a madrugada desta terça-feira (07) na Avenida Tancredo Neves, próximo à subida da Cohab Nova, no bairro Massa Barro, em Cáceres.


DA REDAÇÃO

Uma adolescente de 13 anos foi estuprada violentamente durante a madrugada desta terça-feira (07), após ser ‘pega’ à força pelo agressor, 19 anos, suposto membro da facção Comando Vermelho, e ser levada para a casa dele, onde a violência foi consumada na Avenida Tancredo Neves, próximo à subida da Cohab Nova, no bairro Massa Barro, em Cáceres (221 km da Capital).

Uma testemunha, que estava na casa do acusado e viu o momento em que a garota foi assediada e levada para dentro de casa, fugiu por medo após ser ameaçado de morte com uma faca e acionou a Polícia Militar (PM).

A vítima foi socorrida pela PM bastante debilitada, com hematomas pelo rosto, pescoço e ainda reclamando de dores na virilha. A roupa da menina tinha ainda manchas vermelhas, aparentando ser sangue.

Os militares encaminharam a adolescente ao Hospital Regional, onde recebeu cuidados médicos específicos.

De acordo com a ocorrência, após o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) acionar indicar o endereço do acusado, A PM se deslocou à residência, quando ao bater na porta o estuprador atendeu já com as mãos na cabeça alegando que não tinha feito nada.

Ao ser questionado sobre a menina, o rapaz disse que estava em casa com a sua namorada e que a mesma estava no quarto.

Os policiais pediram para que a vítima saísse, momento em que a menor apareceu com a boca ferida, escoriações pelo corpo e com dificuldades para andar.

O acusado foi detido, momento em que a menina começou a relatar o que tinha acontecido.

Segundo a adolescente, ela passou por volta das 04h pela avenida, quando foi abordada pelo rapaz que puxou assunto. Nesse momento ele pegou a garota, entrou em casa e foi direto para o quarto.

A garota explica que tentou reagir, disse que não queria fazer sexo com o acusado, porém, ele usou de violência física para imobilizar a menina e consumar a violência sexual.

Em relação aos hematomas e ferimentos, a adolescente explicou que o estuprador chegou a enforcá-la, além de tapas e de tentar tapar a boca dela, com força, para que não gritasse, ferindo bastante, já que a vítima usa aparelho ortodôntico.

Ainda segundo a vítima, ela desmaiou enquanto o rapaz a estuprava e acordou com o acusado jogando álcool sobre ela e ameaçando que se ela contasse para alguém o que ele tinha feito a entregaria para o Comando Vermelho.

A ocorrência foi registrada por crime de estupro de vulnerável e o pedófilo preso em flagrante.

O acusado foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, onde foi ouvido pelo delegado de plantão e ficou à disposição da Justiça.











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Benedito costa  07.04.20 11h37
Já que essa organização criminosa pune severamente que desobedece aos comandos? Provavelmente terá que punir esse rebelde por estripar a menor, já que também eles não aceitam estrupadores

Responder

14
0
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO