29.10.2010 | 08h45


POLÍCIA

Sinop: professores aprovam estado de greve e cruzam os braços no dia 09

Alex Fama/sonotcias

Os profissionais da Educação decidiram, em assembleia geral, ontem à noite, decretar estado de greve e, no dia 9 de novembro, paralisarem as atividades, além de mobilização. Para este dia está marcada uma nova assembleia da categoria para avaliação do movimento e, caso não haja avanço nas negociações, a paralisação pode se estender por tempo indeterminado.

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep), sub-sede de Sinop, Sidinei Oliveira Cardoso, afirmou que esta tarde será protocolado pedido de audiência com o prefeito de Sinop, Juarez Costa (PMDB). Segundo ela, foram realizadas reuniões com o secretário municipal de Educação, Antônio Tadeu, para debater o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), mas que não houve nenhuma resposta ou contra-partida por parte do secretário. Devido a esta postura, acontecerá a mobilização e a conversa diretamente com o prefeito.

Conforme Só Notícias já informou, os profissionais querem do Executivo uma resposta sobre a implantação do PCCS com a implantação da jornada de 30 horas. Há também a reivindicação da ampliação gradativa da receita da Educação e investimento para além dos 25%, de forma a garantir a valorização profissional e infraestrutura e manutenção do piso de R$ 1.266,92 para o nível magistério e médio com profissionalização.

Outro lado
A assessoria de imprensa da prefeitura de Sinop informou que uma nota de esclarecimentos sobre a situação está sendo elaborada.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO