22.09.2010 | 15h48


POLÍCIA

Segurança é executado no Cohab Vila Real, em Cuiabá.



Da Redação

No início da noite de segunda-feira o segurança Augusto César de Oliveira, 26, conhecido como “Gutinho”, foi assassinado com cinco disparos de arma de fogo. O crime aconteceu praticamente em frente à casa da vítima, na Cohab Vila Real, em Cuiabá.

Dependente químico, Augusto César conversava com um vizinho e um primo quando um rapaz a pé passou e disparou os tiros no rosto e no abdômen. Segundo o irmão da vítima, Elieu Fernando, o rapaz usava um boné de uma forma que tampava o rosto e não foi possível identificá-lo. “Ele (o autor dos disparos) subiu e desceu a rua. Acho que alguém estava esperando porque saiu percorrendo a região e não encontrei ninguém”, contou. Embora reconhecesse que o irmão era usuário de droga, Elieu Fernando disse desconhecer qualquer rixa ou briga envolvendo a vítima.

Já o vizinho que presenciou o crime, o pedreiro Raimundo Aguiar de Almeida, 51 anos, disse que o criminoso estava sozinho. Ele acredita que o criminoso também tinha o alvo certo. “Ficamos muito assustados. Saí correndo, mas da esquina vi que ele (Augusto) já estava caído e o cara continuava atirando”, comentou. “Ainda bem que na hora meus netos estavam em uma pizzaria fazendo um lanche”, acrescentou. (JD)











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO