alexametrics
21.12.2010 | 18h10


POLÍCIA

Roo: professor acusa delegado e agentes federais de agressão; PF nega

PRIMEIRA HORA

O professor universitário e mestre em Direito Constitucional, Paulo Bertolini, de 60 anos, registrou um boletim de ocorrências no Centro integrado de Segurança e Cidadania (Cisc),  na madrugada de sábado para domingo (18.12), acusando quatro agentes e um delegado da Polícia Federal da delegacia de Rondonópolis,  de agressão.

De acordo com o professor, ele chegou em sua residência em um condomínio na cidade, e havia um grupo de pessoas no meio da rua. Ele buzinou e os agentes teriam proferido palavras de baixo calão contra ele. Em seguida, Paulo parou em frente a sua casa e resolveu ir até a portaria reclamar. Foi então que teria sido agredido com empurrões, chutes e teriam puxado seus braços para trás.

Nesta segunda-feira (20.12), a vítima foi ouvida pelo delegado de Polícia Civil Henrique Meneguello.


O presidente da OAB no município, Adalberto Lopes de Souza, juntamente com um grupo de advogados e professores das universidades onde Paulo dá aulas, estiveram nesta manhã no Cisc e acompanharam o fato. A vítima mostrou a pulseira de seu relógio quebrado e também os óculos danificados, segundo ele, devido à agressão que sofreu.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime