28.10.2010 | 10h38


POLÍCIA

Roo: PF apreende 317kg de maconha e 20kg de pasta base

Dayane Pozzer/Roo

Agentes da Polícia Federal da Delegacia Regional de Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá) apreenderam no final da tarde desta quarta-feira (27), dentro de um fundo falso de um caminhão, 317 quilos de maconha e 20 quilos de pasta-base de cocaína. O veículo era conduzido por um homem de 44 anos, que foi preso e ouvido na noite desta quarta na sede da Delegacia no município.

A abordagem aconteceu a cerca de oito quilômetros da cidade na rodovia BR-364, próximo ao Posto Júlia. A PF de Rondonópolis havia recebido informações da PF de Campo Grande (MS) sobre a suspeita da existência de entorpecente no caminhão e seguiu o veículo por um trecho. Ao perceber a presença dos agentes, o motorista tentou, por duas vezes, parar no acostamento para abandonar o caminhão e empreender fuga.

O suspeito e o veículo foram trazidos para a Delegacia da PF. Como nenhum dos agentes tinha habilitação para conduzir o caminhão, o próprio suspeito, acompanhado de agentes, dirigiu o veículo até a cidade. No entanto, já próximos da Delegacia, o homem se soltou do cinto de segurança e pulou do caminhão. Desta vez, conseguiu se esconder em meio a caixas ainda próximo da sede da PF, mas logo foi encontrado pelos agentes.

Em seu depoimento, o homem disse que é morador de Rondonópolis e que o caminhão é seu, mas que possui apenas um contrato verbal de compra, feito com seu ex-patrão. De acordo com o suspeito, a droga foi trazida de Guaíra (PR), onde ele permaneceu por três dias hospedado em um hotel, enquanto seu caminhão ficou em um posto de combustíveis e foi abastecido com o entorpecente por dois paraguaios que ele alegou não saber os nomes.

Ao chegar em Rondonópolis, conforme o suspeito, ele deixaria o caminhão novamente em um posto de combustíveis, na saída para Pedra Preta. Alguém que ele não soube especificar retiraria a droga e deixaria o caminhão no mesmo local com R$ 10 mil em cima do banco do veículo, que seria o pagamento pelo serviço de transporte.

Conforme a PF, o suspeito já foi ouvido em um processo anterior por contrabando, por volta de 2006, mas não chegou a ser indiciado pelo crime. De acordo com o delegado federal Tales Souza Frausino Pereira, desta vez, o homem será indiciado por tráfico interestadual e resistência à prisão.

Maior apreensão

Em abril deste ano, a PF de Rondonópolis fez a maior apreensão de drogas desde a instalação da Delegacia no município e também uma das maiores do Estado. Foram apreendidos 670 quilos de cocaína e pasta base de cocaína, que estavam em uma parede falsa de um veículo tipo furgão, interceptado pelos policiais federais no posto fiscal Rio Correntes, na divisa do Mato Grosso com o Mato Grosso do Sul.

A segunda maior apreensão de drogas feita pela PF de Rondonópolis aconteceu em março de 2009. Na ocasião foram apreendidos 645 quilos de cocaína, encontrada em duas carretas bitrens interceptadas no posto da Polícia Rodoviária Federal do município, na rodovia BR-163.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO