03.02.2011 | 09h58


POLÍCIA

PS de Cuiabá fica superlotado com a unidade de VG fechada

ROBERTA DE CÁSSIA   13h35
DA REDAÇÃO

Corredores lotados de pacientes, e o box de emergência (ala vermelha) do Pronto-Socorro de Cuiabá com cinco vezes mais pacientes que sua capacidade permite. Esta é a visão do PS de Cuiabá desde a última quinta-feira, 27 de janeiro, quando o setor de emergência do PS de Várzea Grande entrou em reforma "forçada" por conta da falta de infraestrutura constatada pelo Conselho Regional de Medicina (CRM) e acatado pelo Ministério Público.

Desde então, os pacientes que por conta da greve em Várzea Grande já estavam lotando a policlínica do Verdão, e agora com a paralisação por completo do atendimento no município vizinho, o Pronto-Socorro de Cuiabá está atendendo além de sua capacidade.

Em comparação com o mesmo dia 27 de janeiro, quando começou a "reforma" em Cuiabá, foram atendidos 278 no dia sendo que em 2010, na mesma data, foram 224. No dia 30 de janeiro de 2010, passaram pelo PS de Cuiabá 179 pessoas, já no dia 30 de janeiro de 2011 foram atendidas 223.

Na semana passada a Fundação de Saúde de Várzea Grande (Fusvag) havia informado que a reforma terminaria nessa terça-feira, mas isso não aconteceu.

Informações extraoficiais afirmam que a reforma do PS em Várzea Grande não tem previsão de entrega. A reportagem tentou contato com a direção do PS para saber o motivo do atraso na conclusão das obras, mas as as ligações não foram atendidas.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO