12.11.2010 | 20h26


POLÍCIA

Professor é assassinado a facadas em briga de bar

RONALDO COUTO
DO OLHAR DIRETO


Uma confusão num bar por causa de um comentário fútil terminou no assassinato do professor Wagner Modesto da Silva, 28 anos, na madrugada desta sexta-feira (12), morto com uma facada no município de Araguaiana (GO), a 60 km de Barra do Garças.

O crime aconteceu por volta das 2h da madrugada quando o professor segundo testemunhas estaria bebendo com o trabalhador José Adriano Alves dos Reis, 37 anos, que não gostou dos xingamentos que o professor fez contra ele e resolveu esfaqueá-lo.

O professor chegou a ser socorrido primeiramente em Araguaiana e depois foi transferido para Barra do Garças, onde não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 5h. O acusado que fugiu do bar foi localizado por volta das 6 h próximo a sua residência pela guarnição do sargento Leite que encaminhou para delegacia para lavrar o flagrante. 

O tenente-coronel Paulo Costa preferiu não repetir o suposto comentário que o professor fez sobre o trabalhador, entretanto, o oficial disse que não justifica a ação de José Adriano contra a vítima. O clima é de tristeza na cidade de Araguaiana com vários amigos do professor inconformados com o crime. Wagner atuava como professor de Ensino Fundamental da rede municipal.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO