20.11.2010 | 14h29


POLÍCIA

Presos por fraudes chegam ao presídio e causam tumulto com bagagens

As pessoas que foram ao presídio (era dia de visita) tiveram que esperar horas do lado de fora, na chuva, até que as bagagens dos acusados por fraude em licitações fossem conferidas.

MIRO FERRAZ
DA REDAÇÃO

20 dos 26 detidos ontem (19) pela Polícia Federa, na operação Atlântida, chegaram hoje pela manhã em Cuiabá, na Penitenciária Central de Cuiabá, antigo, Pascoal Ramos. Na chegada, os engomados envolvidos em esquema que fraudava licitações, causaram tumulto pela quantidade de bagagem que traziam.

As pessoas que esperavam para visitar detentos esperaram por horas do lado de fora, debaixo de chuva, para que a revista fosse feita. Apenas dois agentes prisionais estavam de serviço no local, o que dificultava ainda mais a revista dos pertences.

De acordo com a psicóloga do presídio, Isilanda Etiene,  os agentes tiveram que conferir bagagem por bagagem e relacionar tudo, o que demandou tempo fora do normal. A mulher de um detento, faxineira Elza Lisboa da Cruz (28) disse que é revoltante a situação.

“A gente já passa por humilhação demais aqui para que minha filha possa ver o pai, e ainda temos que ficar debaixo de chuva esperando a vez, só porque esses riquinhos foram presos, é horrível; só quero ver se essa gente ai vai ter o mesmo tratamento dos demais presos, como meu marido”, questiona.

A maior parte dos presos estava em Barra do Garças e foi trazida para Cuiabá nesta madrugada. O ônibus, escoltado por viaturas, chegou por volta das 5h. Os 20 homens foram para o Pascoal Ramos e as 06 mulheres presas, encaminhadas para o Presídio Feminino Ana Maria do Couto May.

A Operação Atlântida, desencadeada pela PF prendeu ontem (19) na região do Araguaia, 26 pessoas, entre elas, 4 funcionários da Secretaria de Infraestrutura de Mato Grosso (Sinfra), inclusive o coordenador financeiro e um servidor de carreira, que atuava na área de licitação. O servidor foi afastado por 90 dias e aguarda processo administrativo. Ele pode ser demitido a bem do serviço público. Já as pessoas com cargos em comissão, já foram exoneradas ontem mesmo, pelo governador Silval Barbosa. A fraude arquitetada pela quadrilha lesou os cofres públicos em cerca de R$ 38 milhões, de acordo com a Controladoria Geral da União.

veja a lista de presos na operação

1 - Adriano Francisco de Araujo – coordenador financeiro da Sinfra

2 - Américo Filmari da Mota – empreiteiro de Barra do Garças

3 - Ana Catarina de Souza Silva – Ge. superintendência de vias urbanas da Sinfra

4 - Anísio de Jesus – empreiteiro de Novo São Joaquim

5 - Antônio Cesara Silveira - sócio da Silgran em Barra do Garças

6 - Antônio Maurício de Carvalho – funcionário da Caixa Econômica Federal

7 - Bonfim Alves Guimarães – servidor de Canarana

8 - Carlos Silva de Souza – pres. Com. de Licitação de Pontal do Araguaia

9 - Cesar Natal Magrini – ex-secretário municipal de Obras de Barra do Garças

10 - Domiciano Alves Moreira – empreiteiro

11 - Edson Luis Raia – superintendente de habitação da Sinfra


12 - Filinto Pereira Machado – empresário de Pontal do Araguaia

13 - Frederico Nunes Cunha Solto – engenheiro de Barra do Garças

14 - Getônio Dias Guirra – servidor de Pontal do Araguaia

15 - Jeovan Mariano da Silva – engenheiro de Barra do Garças

16 - João Marques Fontes – coordenador de licitação da Sinfra

17 - Joaquim Luiz de Andrade – sócio-proprietário da Silgran

18 - Luiz Antônio Jacomini – empreiteiro de Barra do Garças

19 - Márcia Regina dos Santos Carolo – servidora Pontal do Araguaia

20 - Maurício Antônio Mordeck Curvo – engenheiro elétrico de Barra do Garças

21 - Orlando da Silva Oruê – pres. Comissão Permanente de Licitação de Canarana

22 - Paulo Tarso da Costa – empreiteiro de Barra do Garças

23 - Raimundo Alves Neres – empresário de Canarana

24 - Renato Marcone Ferreira – empreiteiro de Barra do Garças

25 - Salustiano Lourenço de Melo – empreiteiro de Pontal do Araguaia

26 - Valber Kenedy Barboza Sandes – servidor da Com. Licitação de N. São Joaquim

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO