15.10.2010 | 14h31


POLÍCIA

Preso líder de quadrilha que roubava caixa eletrônico



DA REDAÇÃO

A Polícia Judiciária Civil prendeu, na noite de quinta-feira (14), o principal líder de uma das quadrilhas mais atuantes de assalto a caixas eletrônicos, em Cuiabá. O acusado é Waldiney Marans dos Santos, o "Valdi", apontado como principal articulador de arrombamentos a terminais de auto-atendimento de saque rápido, instalado em empresas e órgãos públicos.

A prisão foi feita pela Gerência de Combate ao Crime Organização, no bairro Santa Izabel, em Cuiabá. O acusado acumulava sete mandados de prisão pendentes de cumprimento, sendo dois decretados pela Justiça de Mato Grosso do Sul, onde ele e outros integrantes respondem por crimes de furto qualificado e formação de quadrilha.

O bando liderado por Waldiney Marans é composto por vários integrantes. Em um dos vários processos que o suspeito responde, 16 pessoas já foram formalmente denunciados pelo Ministério Público Estadual.

O preso será interrogado nesta sexta-feira (15) pelo delegado de polícia Luciano Inácio da Silva, titular da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

Waldiney Marans era procurado desde a operação "Frente Fria", realizada no ano passado para apurar o envolvimento de pessoas envolvidas em roubo a caixas eletrônicos e roubo e furto a grandes empresas da Grande Cuiabá. Numa delas, o prejuízo foi mais de R$ 400 mil.

Os bandidos davam preferência a aparelhos eletrônicos, como celulares, computadores fixo e portáteis, nos assaltos as empresas. Muitos dos roubos/furtos eram programados.

Conforme as investigações, a quadrilha liderada por ele, tinha alto poder de organização. Na medida em que membros eram presos a quadrilha se articulava e reestruturava novamente para dar sequência aos crimes.

Com informações da Polícia Civil

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO