23.11.2019 | 18h26


CAPTURADO EM ESCOLA

Preso foge do Pronto-Socorro de Cuiabá após cirurgia de hérnia

Policiais Militares encontraram Wadson caído no chão da Escola Cesário Neto no bairro Bandeirantes.


DA REDAÇÃO

O presidiário Wadson Sales Leonel tentou fugir do antigo Pronto-Socorro de Cuiabá (PSM), na tarde deste sábado (23), após ter passado por cirurgia de hernioplastia umbilical.

Uma equioe da Polícia Militar recebeu a informação da fuga do preso, que estava sob os cuidados de agentes penitenciários. A guarnição se deslocou aos fundos do PSM, na Rua Manoel Garcia, onde populares informaram que viram uma pessoa indo em direção à Escola Cesário Neto, bairro Bandeirantes.

No corredor da escola, os PMs encontraram o preso que estava caído próximo ao pátio, com uma sonda na região do abdômen e uma das pernas com algemas.

O preso relatou aos policiais que havia operado a hérnia e que não estava conseguindo se levantar. Ele foi encaminhado novamente para atendimento no Pronto-Socorro de Cuiabá.

Segundo a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), Wadson responde pelos crimes de estelionato, roubos, posse ilegal de arma de fogo, latrocínio e receptação. Por motivos de segurança, a Pasta não informou onde ele será encaminhado após a tentativa de fuga.

Outro caso

Na quinta-feira (21), o presidiário Túlio Ramos Xavier, de 29 anos, membro do Comando Vermelho, enganou a escolta dos agentes penitenciários e também fugiu do antigo Pronto-Socorro de Cuiabá.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (Sesp), o detento que cumpre pena por roubo, na Penitenciária Central do Estado (PCE), antigo Pascoal Ramos, foi internado para tratar um tumor na perna. No entanto, ele aproveitou a movimentação de um procedimento de higienização do local para fugir. 

Até a publicação desta reportagem não havia sido localizado. Veja mais aqui

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO