28.05.2020 | 07h41


POLÍCIA / CAPATAZ

Presidente da OABMT é preso acusado de agredir a esposa

Leonardo Campos - o Leo Capataz - e a esposa Luciana Póvoas passaram a madrugada desta quinta-feira na Central de Flagrantes


ANDRÉIA FONTES

Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Mato Grosso, Leonardo Campos, de 41 anos, foi preso em flagrante na madrugada desta quinta-feira (28) após ser denunciado pela esposa, Luciana Póvoas Lemos, de 42 anos, por violência doméstica. O casal passou a madrugada toda na Central de Flagrantes (Cisc). Vários advogados estiveram na delegacia.

Leonardo foi indiciado por injúria real e injúria com a Lei Maria da Penha e, como não há fiança, permanece preso. O flagrante foi lavrado pela delegada Jannira Laranjeira Siqueira Campos.

A Polícia Militar confirmou que foi acionada por Luciana por volta das 23h desta quarta-feira (27) e fez a condução do casal para a Central de Flagrantes. 

Luciana é filha da desembargadora do Tribunal de Justiça de Mato Grosso Maria Helena Povóas.

Segundo o advogado Rodrigo Marinho, houve um desintendimento doméstico, quando Leonardo teria empurrado e agredido a esposa. O presidente da OAB nega as acusações. 

Um pedido de liberdade já foi protocolado e o presidente da OAB aguarda a decisão do juiz. 

Marinho fez os primeiros atendimentos e passou o caso para o advogado Leonardo Bernazolli, presidente da Comissão de Processo Penal da OAB-MT. 

Atualizada às 08h44











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO