alexametrics
17.12.2010 | 11h02


POLÍCIA

Praça Popular vira palco de tiroteio na madrugada de hoje

MAYARA MICHELS
MIDIANEWS

A Praça Popular, um dos principais "points" noturnos de Cuiabá, no bairro Goiabeiras, voltou a ser palco de confusão e violência. Um homem não identificado trocou tiros com um policial e foi ferido no braço, na madrugada desta sexta-feira (17).

Segundo informações da Polícia Militar, um oficial da PM à paisana estava jantando com a mulher no Bar do Azeitona e reagiu ao ver o homem fazendo disparos de arma de fogo. Na rua, ele pediu que o elemento largasse a arma, mas ele reagiu, disparando contra o militar.

Segundo o delegado Celso Renda, do Centro Integrado de Segurança e Cidadabia (Cisc) do bairro Planalto, o disparo não atingiu o oficial da PM. "Com isso, o militar reagiu e atirou no braço do indivíduo. Assustado, ele fugiu do local em uma caminhonete. Na saída, acabou batendo em vários veículos estacionados ao redor da praça", afirmou o delegado.

Ainda segundo o delegado, o homem deu entrada no Hospital Jardim Cuiabá, dizendo que havia sido baleado em um assalto no trânsito. A Polícia foi acionada e o prendeu. Ele continua internado no hospital e, na manhã de hoje, ele passara por uma cirurgia para retirada da bala.

Ao ouvir os disparos, frequentadores da Praça Popular se assustaram e muita gente se escondeu sob as mesas. Muitos copos, pratos e garrafas foram quebrados durante a troca de tiros.

Até o momento, a Polícia Civil ainda não sabe se foi uma tentativa de assassinato ou uma tentativa de assalto. A arma utilizada no crime não foi encontrada. 

Triste rotina

No último dia 20 de novembro passado, frequentadores dos bares e restaurantes da Praça Popular se viram em meio a um tumulto provocado por uma briga, por volta da 1h20 da madrugada.

A confusão aconteceu em frente ao restaurante japonês Haru.

Diante de uma briga, onde um rapaz era agredido por um grupo, houve um disparo de arma de fogo. A suspeita era que um dos guardadores de carros do local, conhecidos como "flanelinhas", tivesse feito o disparo.

Segundo a PM, o tiro foi dado para cima, para possivelmente dispersar a briga. Não houve vítimas. Ao chegar no local, a guarnição da PM não encontrou o autor do disparo e, tampouco, os envolvidos na briga.

"Sempre há registro de ocorrências nessa região, principalmente por se tratar de um local com muitos bares e consumo de bebidas. Mas, felizmente, nunca houve nada mais grave", disse um oficial da PM, que atendeu à ocorrência.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime